VPVDN: Pérola do Mar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

VPVDN: Pérola do Mar

Mensagem por Jordan_Belfort em Dom Abr 24, 2016 1:57 am

Bem vindo a Timoneiro, balneário capixaba pouco explorado e que contém vários animais marinhos belos e raros e praias diferenciadas das demais do país. É lá que mora Lavínia, uma jovem bonita e batalhadora que vive com sua mãe, Inara, e trabalha junto com ela. Ambas têm uma relação de cumplicidade e sempre protegem uma a outra. Lavínia não sai de casa sem um colar com uma pérola azul no pescoço, é seu amuleto e as vezes ele brilha, sendo considero por ela um sinal de sorte. Só que nem imagina que sua sorte pode estar prestes a mudar.

Franco é um célebre empresário e pesquisador marinho. É casado com Leandra, pai de Safira e Rubinho e tem uma vida boa ao lado da família, mas não consegue ser feliz por conta de atos de seu passado que interferem no presente. Seu grande sonho é trazer de volta à superfície a cidade de Indi-Ástor, que afundou misteriosamente enquanto seus pais faziam uma pesquisa que visava descobrir o Sal de Bronze, uma substância capaz de fazer milagres. Muitos acham que Indi-Ástor nem existiu, que foi tudo uma alucinação. Após pesquisas, Franco descobre que há grandes chances de Indi-Ástor estar submersa nas proximidades de Timoneiro e decide explorar a região pois ainda espera levantar a cidade e ficar famoso por seu feito, como achar Sal de Bronze e realizar o sonho dos seus pais, mas principalmente, corrigir um erro que o corrói: Franco tinha um irmão mais novo, Ernesto, que colaborava com ele em suas pesquisas, mas pegava todo o crédito para si, além de ser um elemento destrutivo na relação entre os dois. Inquieto e atormentado na juventude, Franco se cansou de carregar o irmão nas costas e tramou sua morte esvaziando os tubos de oxigênio que ele usaria para mergulhar, mas se arrependeu quando recebeu dele um barquinho de presente e uma carta pedindo desculpas, mas o estrago já estava feito. Franco foi até o local onde Ernesto desfaleceu, pegou seu corpo sem vida e o guardou criogenicamente, tendo como ideal achar o Sal de Bronze para poder ressuscitá-lo.

Franco também busca reparar outro erro: reencontrar sua filha primogênita, na qual injetou uma substância salina que acreditava ser o Sal de Bronze, mas não era, e quando sua primeira esposa descobriu isso, fugiu com a menina. Franco tentou recuperá-la, mas naquele dia, um maremoto atingiu as redondezas, mudando todo o curso do destino. A esposa de Franco acabou morrendo poucas horas depois do maremoto, mas conseguiu entregar a menina à Inara, que a batizou de Lavínia. Franco descobriu que a substância que injetou na filha é uma bomba-relógio que pode matar um ser humano em minutos caso a pele do portador entre em contato com água salgada e a possibilidade de ter matado sua filha o atormenta, mas tem fé que sua filha está viva. Antes de se desencontrar de sua menina, deu à ela uma pérola que achou próxima ao corpo de Ernesto e que simboliza a única ligação entre os dois.

Para conseguir seus objetivos, abrirá em Timoneiro um dos grandes sonhos de sua vida: o Fantasquático, um parque-observatório marinho, um sonho que sempre quis realizar e que simboliza o presente, de modo que Franco se questiona se deve remexer no passado ou se deve tentar ser feliz agora, nem imaginando que sua filha está mais perto do que ele imagina.

A família de Franco é conturbada, seu casamento anda em crise e não consegue se dar bem com Rubinho, o acha negativamente parecido com ele na juventude, mas consegue se dar com Safira, ao contrário de Leandra, que tem afinidades com o filho, mas é rejeitada pela menina. Safira é noiva de Álvaro, um jovem biólogo marinho promissor que integra o grupo de Franco e viaja para Timoneiro com a família da noiva e reencontra seu tio Berto, prefeito da cidade, que sonha ascender socialmente com o enlace do sobrinho.

Só que os planos de Álvaro mudam quando ele conhece Lavínia e os dois se apaixonam, causando a fúria de Safira, que faz questão de humilhar a mocinha, sem nem imaginar que ela é sua irmã. Berto também não gosta dessa mudança repentina de amor de Álvaro pois Lavínia é pobre.
Franco antipatiza de cara com Lavínia e Inara, mas acaba se encantando pela segunda. Já Leandra cai nos encantos de Bianor, o misterioso e fechado tratador de animais que trabalha no Fantasquático, com aproximadamente 20 anos a menos que ela. Bianor, rapidamente, se aproxima também de Lavínia e tem interesses ocultos nela. Leandra também reencontra Tito, um namoradinho de verão de quem acabou se perdendo com o maremoto na mesma época que Franco perdeu Lavínia e acabaram nunca mais se vendo.

Tito é ex-surfista e treina seus 3 filhos, Kamona, Kai e Kaleo, mora sozinho com os três e cuida deles como se fossem bebês, além de treiná-los para os campeonatos de surfe. Os rapazes contam com a ajuda da tímida professora Doralice para organizar a casa, pois ela é apaixonada por Tito, mas teme se declarar para ele. Os meninos se apaixonam pela bela Arielle, uma forasteira que viajou para Timoneiro para passar férias e que eles acreditam se tratar de uma sereia, se unindo para investigar o mistério. Arielle tem segredos importantes a guardar.

Outra personagem importante é Astrid, a ex-namorada de Ernesto que se tornou uma respeitada cientista marinha, carreira que decidiu seguir após a morte de seu amor e passa a trabalhar na equipe de Franco, mas tem um interesse por trás: recebeu provas incriminando o ex-cunhado pelo crime e tenta descobrir a verdade. Tira a prova de que Franco realmente matou o irmão e ele, num ataque de insensatez, tenta atentar contra a vida de Astrid, que ao acordar finge ter perdido a memória para permanecer viva, mas jura vingança contra ele, mas não pode executá-la de imediato porque precisa do laboratório de Franco para outro propósito: viabilizar o projeto criminoso de híbridos marinhos que era o sonho de Ernesto. Pra isso Astrid se torna amante de Berto, visando conseguir com ele o dinheiro necessário para investir.

Enquanto o triangulo entre Lavínia, Álvaro e Safira se desenrola, a substância que Franco injetou em Lavínia na infância começa a fazer efeito e produz queimaduras nela, revelando o parentesco entre os dois. A revelação faz com que Franco e Inara briguem, pois ela fica horrorizada com a loucura de Franco enquanto ele acha que ela roubou a menina da ex-mulher. Safira tenta matar a irmã, mas Franco cria um antídoto e Lavínia se cura. A princípio, a mocinha rejeita aproximação com o pai, mas Franco não desiste até conseguir fazer as pazes com a filha.

Bianor se infiltra, através de Leandra, cada vez mais na vida da família e arma emboscadas para prejudicar Safira e Rubinho, atraindo a desconfiança de Álvaro e de Astrid. Logo se revela que Bianor é filho bastardo de Ernesto, recebeu as mesmas provas que Astrid sobre a culpa de Franco na morte do pai, que culminou no suicídio de sua irmã e no enlouquecimento de seu avô e o deixou na miséria e dependente dos cuidados de terceiros e que quer destruir, em sociedade com um personagem oculto, a vida do tio. Astrid aceita se aliar a ele para conseguir seus objetivos.

Lavínia e Álvaro, juntamente com Doralice e seus alunos, acabam descobrindo um homem vivendo nas proximidades de Timoneiro, o Capitão Barba-de-Prata, um senhor simpático excêntrico que acredita ser um pirata de verdade. Lavínia se torna amiga dele e o leva para morar com ela e Inara, por quem se apaixona por ser semelhante com a esposa falecida dele.

Lavínia fica cada vez mais integrada à realidade de Franco, frustrando Safira e Rubinho, com quem Lavínia tenta estabelecer uma boa relação, mas os dois são cada vez mais recalcados com a ascensão da irmã bastarda. Enquanto Safira teme perder a atenção do pai e de Álvaro para a irmã, Rubinho namora Renata, a filha do prefeito Berto, mas se envolve às escondidas com Valensa, garota pobre e amiga de Lavínia. Valensa é bom caráter, mas ambiciosa e está em dúvida sobre seu namoro com Zé Formiga, vagabundo e melhor amigo de Lavínia. Rubinho sempre a engana para não precisar assumi-la até que ela fica grávida dele. Safira arma para que Lavínia pense que o filho dela é de Álvaro e os dois se desentendem. Rubinho também arma para esconder um crime: atropelou a mãe de Valensa e a fez ficar em coma, mas paga para testemunhas afirmarem que Zé atropelou a vítima. Ao mesmo tempo que Lavínia e Álvaro se separam, Bianor, cada vez mais se sente atraído pela mocinha, mas recebe a ordem de matá-la e luta para postergar essa decisão.

Franco tem um sonho apocalíptico com um novo maremoto e decide construir uma cidade submarina em parceria com Berto. Franco e Inara não conseguem mais resistir um ao outro, ao mesmo tempo em que o empresário não consegue mais esconder suas inquietações e o casamento com Leandra começa a desabar de vez. O Capitão, que passa a aconselhar vários personagens, revela que é um colecionador de artefatos valiosos e que tem interesse em investir no Fantasquático, mas Safira desconfia que Lavínia e ele estejam tentando aplicar um golpe no pai. Parte das armações de Safira e Rubinho é revelada e Franco se choca ao descobrir quem os filhos, especialmente Safira, são de verdade, fazendo com que os dois rompam com o pai. Tito dá uma surra em Franco ao vê-lo quase perder o controle com Leandra. Berto e Franco começam a ter divergências políticas. E nesse contexto, um mistério se inicia: Franco começa a receber barquinhos como o que Ernesto o presenteou com cartas de tortura psicológica sobre o crime. Leandra, Safira, Rubinho, Porcel, Tito, Astrid, Berto e Bianor passam a ser suspeitos.

Lavínia também descobre que a pérola que Franco lhe deu é a Pérola de Orion, um artefato importantíssimo que tem ligação com uma lendária mitologia vigente em Timoneiro. Com a Pérola de Orion, Bianor consegue fazer seu sócio desistir de matar Lavínia.

Com quem Lavínia ficará? Quem é o sócio oculto de Bianor e por que Lavínia e a Pérola de Orion são tão importantes pra ele? Indi-Ástor realmente existiu? Franco conseguirá ressuscitar seu irmão e construir sua cidade submersa? Astrid e Bianor conseguirão se vingar de Franco? Astrid viabilizará seus híbridos? Quem manda os barquinhos com as cartas para Franco? É a mesma pessoa que está por trás de Bianor? Romance, ficção científica, mitologia e mistério unidos em uma intrigante trama praiana akeles
avatar
Jordan_Belfort

Mensagens : 16
Data de inscrição : 14/01/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum