Mira Por Sandy Perez de Abreu Manzo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mira Por Sandy Perez de Abreu Manzo

Mensagem por sandyleahlove em Sex Ago 12, 2016 1:13 am




Ter fé.
Mesmo que
Não seja em algo.
Supremo.
Acreditar.
Que podemos.
Ir mais além.
Mira, a sua nova Esperança das nove. (Não sei se das 9 por causa do núcleo e eixo da trama ser formado por teens).
Aldora (Beth Gullar) terminou o casamento com Henrique (Ângelo Antônio ) de forma conturbada. Uma mulher forte, decidida, mas insegura.  Achava muito mais cômodo fugir dos problemas do que enfrentá-los. Tinha alma nômade, sofria muito para criar raízes. Achou mais fácil fugir para o lugar onde nasceu, a ilha de Santorini na Grécia continental, levando consigo a então criança a jovem Mira (Sophie Charlotte). Henrique não era machista, mas tinha uma personalidade tão forte quando a de Aldora. Queria algo sólido, real, não a vida de sonhos e devaneios, propostos pela então mulher. Orgulhoso não se permitiu correr atrás da filha.  Aldora era muito expansível, fácil de moldar-se a qualquer realidade, mesmo que por pouco tempo. (obs: não teremos primeira fase, nem prólogo, só flash backs. Por isso só coloquei o Ângelo e a Beth).
Mais de 20 anos depois. Henrique se tornou um homem amargurado. Casou-se com a centrada Lidia (Maria Luiza Mendonça), um casamento feliz, as personalidades eram mais semelhantes, mas sem aquele fogo da paixão da juventude. Mas a maior felicidade do professor que na juventude sonhava com uma grande família, que a nova mulher não pode dar (Lídia tirou o útero no parto da segunda filha de outro casamento) eram exatamente essas meninas, a mais jovem Isadora (Isabella Santoni) e a mais velha Penélope (Isabelle Drummond). Penélope vive em atrito com a mãe, a que a considera responsável por não poder “Dar um filho” ao novo marido (novo marido porque nessa relação não há o “Amor” e sim a satisfação familiar).
Com o tempo Aldora acabou expondo todo a sua fragilidade perante aos outros, encontrou alguém que lhe escondesse e aceitasse do jeito que realmente é; Impulsiva e ao mesmo tempo receosa. O doce Stefano (Dalton Vigh), que criou Mira como filha. Desta união nasceu Mathus (Guilherme Lobo).
Isadora é antenada e conversa com meio mundo, entre eles um certo garoto da ilha de Santorini.
Stefano é o braço direito de Thomaz (Leopoldo Pacheco) dono da Vinícola Aktis (Luz em grego).  Um bom homem, risonho mais enérgico menos com a filha, a sedutora Elksis (Simone Spoladore). Sai com muitos homens mesmo estando noiva do executivo brasileiro Antônio (Thiago Fragoso).
Henrique acaba descobrindo uma grave leucemia. Sem parentes próximos com compatibilidade genética tem como única esperança recorrer ao banco de medula mundial.
Por acaso Penélope acaba encontrando uma antiga carta dentro de um álbum. Era nela que Eldora revelava que levara consigo Mira para a Grécia. Depois de discussões e mais discussões entre ela e a mãe, a moça decide ir atrás da filha de sangue do homem que a criou como filha. Isadora não fez diferente. Apesar das opiniões divergirem com as da mãe as duas decidem encontrar a nova “Irmã”. Isadora consegue formar a partir de um foto antiga de Eldora que encontraram junto da carta uma imagem computadorizada, como ela estaria vinte anos depois. Isadora passou dias vasculhando na internet até encontrar o paradeiro de uma mulher nas imediações da ilha banhada pelo mar Egeo.
Chega o dia da viagem. O destino quis que Isabelle tivesse o acento localizado ao lado do de Antônio. A moça se fascinou pelo porte do homem mais velho. Eles tiveram uma conversa amigável, nada de mais. Penélope dormiu a viagem toda, tendo sonhos românticos com o homem que acabara de conhecer. Apesar de não ser nenhuma criança todos tem o direito de sonhar. Só cai a ficha que não existem príncipes encantados quando o primeiro sapo faz algo estrago. Pelo qual a jovem ainda não havia passado.
Ilha de Santorini as duas se fazem passar por turistas, se hospedando numa pousada, onde que por incrível coincidência era onde o irmão mais novo de Mira gostava de frequentar (O filho do dono da Pousada Agenor (Teen não escolhido) era o seu melhor amigo).
Isadora reconhece o amigo virtual. Penélope começa a investigar, passear. Decide conhecer a Vinícola Aktis, onde reencontra Antônio, ele muito simpático nem a reconhece.  Elksis percebe o olhar diferente da moça para o marido, e começa a beijar o namorado. Mira entra com umas caixas de vinho e acaba tropeçando e caindo. Elksis grita com a moça, Penélope a defende. A briga acaba se tornando mais explosiva, mas é apaziguada por Antônio e Thomaz que se desculpa pelo temperamento da filha.  Penélope fica balançada ao ouvir o nome da moça. Será ela a irmã que não é bem irmã? Penélope acaba ficando meio trêmula. Mira contribui a gentileza da “Turista” e a convida para tomar algo em sua casa, ai que temos a confirmação  da sua suspeita. Seria muita coincidência se existisse em todo ilha mais de uma Mira (Nome incomum) com uma mãe chamada Aldora?  
O tempo passa, Penélope e Isadora decidem agir com cautela, ao passo que a segunda estreita os laços com Mathus. Isadora passou a viver na casa da família de Aldora com o pretexto de estreitar laços com Mira. Penélope fica muito amiga de Mira, passava as tardes onde a moça trabalhava, o que a permitia ver de longe, e até mesmo conversar com Antônio. Elksis nutria uma inveja, até mesmo ódio pela brasileira, e descontava em Mira. Até o dia da explosão da nossa menina, em uma briga feia. Elksis acaba revelando a verdade sobre a paternidade da moça.
Descobri assim de relance! Teu Padrasto se debulhava em lágrimas relembrando a vida. Bêbados, aposto que mergulharam numa tina de vinho tinto.
Mira teu um estouro de descontrole emocional. Mas acaba se estabilizando num conversa que tem com  Stefano.
És meu pai, ele é apenas um desconhecido. Por mais que toda às vezes que me olhe no espelho ou me perda te olhando, não ache nada em comum! Tenha certeza que te amo mais do que a mim mesma!
Antônio acaba pegando Elksis no flagra o traindo com um trabalhador da vinícola. Faz as malas e vai embora para a pousada. Encontra em Penélope uma amiga, um braço para se apoiar. O que acaba dando margens para os sonhos acordados da jovem.
Penélope recebe uma ligação de Lídia. O pai estava muito mal. Chegou a hora de revelar tudo a Aldora e Mira. Mas Elksis escuta toda a conversa e fica intrigada. Resolve sondar o pai e acaba descobrindo tudo. Revela para a Aldora e Mira. Um embate acontece entre Mira e Penélope. Aldora fica balançada mais não desiste de afastar a filha do pai. Quem acaba pagando um alto preço é Isadora que é obrigada há se afastar de Mathus.
Elksis seduz Luciano (Da embaixada brasileira) e consegue a casacão das irmãs, Isadora é deportada, mas Antônio consegue reverter o caso de Penélope.  O que acaba aumentando a fúria da vilã, que oferece dinheiro a Eldora para ela e a família desaparecerem da Ilha.
Sem nenhuma expectativa Penélope volta para o Brasil, direto para o hospital para ver o pai, e qual não é a sua surpresa: Mira, Mathus e toda a família estavam no Brasil. As irmãs fazem as pazes. Eldora tem uma conversa séria com o ex.
Fugi de tudo a minha vida toda...  Mas não poderia fugir de você mais uma vez... Não me perdoaria se perdesse a esperança de um dia te reencontrar... Sabia que jamais me esqueci de você? Do namoro, do casamento...
Henrique reencontra a filha. Nem era mais preciso a medula, milagrosamente Henrique melhorava.
Antônio acaba perdoando e se casando com Elksis. Os sonhos e devaneios de Penélope com seu Príncipe se desmancham.
Henrique é curado. Os laços dele com Aldora novamente se fazem presentes.
A PARTIR DAQUI A TRAMA SE SOFRE UMA VIRADA.  Será possível resgatar laços quebrados a tanto tempo?
avatar
sandyleahlove

Mensagens : 33
Data de inscrição : 17/01/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum