Compondo O Passado, by Sandy Humbelle

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Compondo O Passado, by Sandy Humbelle

Mensagem por sandyleahlove em Sab Ago 27, 2016 11:04 pm

Sinopse, Minissérie: Compondo o Passado
Henrique (Petrônio Gontijo/Fábio Assunção/Reginaldo Faria) nasceu em Berlim na Alemanha e fez fama com seu talento para música. Era um pianista exemplar. Correu a Europa encanto a todos que assistiam seus concertos, entre eles a francesa Madeleine (Marina Ruy Barbosa/Camila Morgado).
Brasil década de 40.
Vinte anos depois, com a morte da mulher Henrique perdera a vontade de tocar piano e fazer concertos. Madeleine morreu de pneumonia pouco antes de chegarem ao Brasil, fugidos da segunda guerra.
Henrique passava as tardes em seu jardim, absorto em suas ideias. Não tinha intimidade com os vizinhos, mas observa-os de longe, onde existia uma felicidade tão distante da realidade em que vivia hoje. Viu Lilia (Mel Maia/Luiza Arraes) crescer aos olhos do pai Heitor (Antonio Calloni) e da mãe Maria (Mariana Lima). Na verdade não sabia nem o nome da menina de olhos assustados, mas já sentia algo por ela. Uma enorme vontade abraçá-la e não deixar que nada no mundo a fizesse mal.
Mais quinze anos se passaram. O pai de Lilia, que era operário, pede o emprego; A mãe contrai tuberculose; A moça de vinte e poucos anos se vê obrigada a desistir do curso de magistério para trabalhar fora. Inicialmente ela decide pegar roupa para lavar, mas é impedida pela mãe. Umas mãos tão lindas, lisas perfeitas! Mãos que alegram o domingo tocando piano na santa missa. Lilia apreendeu piano com o padre da sua paróquia. Passa a ensinar o instrumento as crianças da cidade. A notícia corre e chega aos ouvidos de Elsa (Rosi Campos), governanta do casarão de Henrique. Elsa tinha o coração bom, cuidava do patrão como uma irmã mais velha cuida de um irmão mais novo. Era a única companhia de Henrique, já que os filhos Lúcio (Felipe Simas) e Beatrice (Letícia Colin) vivem na Europa.
Sabendo da situação da família de Lilia e da forma que a moça sustenta a família ele ordena a Elsa que a chame para ensiná-lo a tocar o instrumento de cordas. A governanta estranha, mas obedece. Não era necessário revelar que o senhor de olhos azuis foi um grande pianista no passado?
A moça passava as tardes com Henrique que meio desengonçado “Apreendia aos poucos”. Lilia ficava encantada com a elegância do senhor. Às vezes os dois paravam as aulas pela metade e ele contava história da juventude, do amor que sentia pela mulher falecida. À noite depois que a moça ia embora ele tocava o instrumento como anos não tocava. Até que inspirado pela beleza da moça começa a compor uma sinfonia.
Os dias se repetem, na mesma e simples alegria. Não era apenas um encontro de professora e aluno, e sim de amigos. Não amigos conhecidos há pouco tempo, mas amigos de uma vida não vivida juntos. Cada momento era de uma alegria tão grande que passava ligeira, num piscar de olhos. Mesmo que para os outros que viam de fora, achassem banais, sem graça.
Um dia Henrique decide acabar com a doce farsa que formara, tocando pela primeira vez a sinfonia Olhar de Lili que fez para a moça. Passando noites a fio no piano. Ela fica indignada e sai correndo, jurando nunca mais pisar naquela casa.
Tomado pela tristeza Henrique passava dias e dias, no frio da relva, sentado na grama do seu jardim, olhando a casa onde Lilia morava. Acabou contraindo o mesmo mal que levou Madeleine. Pressentindo a morte decidiu mudar seu testamento em favor da moça que lhe devolveu alguns momentos de alegria no final da vida.
Elsa desesperada implora para que Lilia converse com Henrique. Comovida a moça decide cuidar ela mesma dele. Mas já era tarde de mais. Lilia passou três tentando salva-lo, três dias de convalescência. Henrique morreu numa linda tarde de outono.
Antes de morrer Henrique fez Lilia aceitar a herança que ia deixar-lhe, inclusive o casarão. Toda a família se muda para lá, mas ela faz questão de não mudar nada, tudo igualzinho como Henrique deixara.
Sem o dinheiro do pai Lúcio larga a vida de vadiagem e Beatrice a de futilidades e voltam ao Brasil para lutar pelo dinheiro que por direito é deles.
Um mês se passara depois da morte de Henrique. Lilia não era mais a menina que conheceu Henrique, já era mulher, e uma mulher elegante. Mas deixando claro que o dinheiro mudou a embalagem mais não a alma.
Os filhos do falecido se instalam no casarão, dispostos a arrumar briga com Lilia. Mas se surpreendem com a moça. Lilia disse que vai passar cinqüenta por cento da fortuna pro nome deles. Lúcio fica estarrecido e deslumbrado com a ação da moça. Já Beatrice não. Ela jamais se contentaria com migalhas, queria tudo. O irmão era um idiota, conseguia manipulá-lo como quisesse. Mas uma esperta cavadora de ouro não. Mas ela podia ate ser inteligente, mas não, mas que ela. A “madrasta” não passara a vida da Europa, não extorquiu o próprio pai nem outros homens que cruzaram seu caminho. Ela estava disposta a tudo.
Beatrice entra com uma ação contra a Lilia. Lucio cada vez mais encantado passava as tardes com ela. Ele adorava vê-la tocando o “Olhar de lili” a musica que ecoava sobre os corredores daquela casa todos os dias na mesma hora. Exatamente às quatro da tarde, quando as “Aulas” com Henrique começavam.
Beatrice se achava demais, mas na verdade seus planos mirabolantes só funcionavam na cabeça dela. Espalhou boatos que Lilia havia dado um golpe no pai e o matado. Mas ninguém acreditou, todos conheciam a índole da moça. Por muitas vezes pesou em atirá-la escada a baixo, o que não adiantaria de nada.
Lucio queria estreitar a relação com Lilia, afinal ela nunca foi realmente mulher do seu Pai. Ela não queria, achava sujo se deitar com o filho do homem a quem deve tanto.
Lucio astucioso finge estar deprimido e passa semanas trancado no quarto. Com medo que uma tragédia aconteça Lilia decide aceitar o pedido e os dois começam a namorar todos os dias no jardim. Lilia fica com um pouco de remorso mais acaba gostando de receber galanteios e beijos fervorosos. Beatrice fica tomada de raiva e arma mais um plano de vilã de desenho animado. Organiza uma grande festa a moda francesa e regada a champanhe. Manda colocar um quadro da mãe no centro da sala e faz Lilia e a família dela morrerem de constrangimento. No final da festa ainda arma um flagrante da moça com Lucio, o que acarreta desta vez um verdadeiro escândalo. Magoada a moça decide abdicar de toda a fortuna deixada por Henrique e voltar a dar aulas de Piano. Mas com a reputação manchada a moça não conseguiu aluno algum.
Lucio aluga uma casa e solicita os serviços de Lilia quando ela achava que ninguém a contrataria. Não podendo negar o serviço começa as aulas, de uma forma profissional. Mas isso não demora muito, Lucio a pede em casamento pra ira de Beatrice.
E AI? SERÁ QUE LILIA ACEITA?
avatar
sandyleahlove

Mensagens : 36
Data de inscrição : 17/01/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum