ROTEIRO DO PRIMEIRO CAPÍTULO DE "LOUCA POR VOCÊ"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

ROTEIRO DO PRIMEIRO CAPÍTULO DE "LOUCA POR VOCÊ"

Mensagem por sandyleahlove em Sab Jan 28, 2017 1:02 am

LOUCA POR VOCÊ – CAPÍTULO 1
PARTICIPAM DESTE CAPÍTULO
PIERRE: Jayme Matarazzo
CLARA: Fernanda Vasconcellos
MARISA: Juliana Paiva
ANITA: Nathalia Dill
ELISA: Luiza Arraes
HENRIQUE: Guilherme Lobo
LEONARDO: Herson Capri
LUIZA: Bianca Comparato
RAUL: Miguel Thiré
CÉLIA: Deborah Evelyn
DANIEL: Murilo Benício
NAPOLEÃO: Leopoldo Pacheco
LETÍCIA: Marcela Barroso
GLÓRIA: Suzy Rêgo
CRISTIANO: Felipe Simas
LEILA: Rosi Campos
JÉSSICA: Marina Moschen
RODRIGO: Brenno Leone
CLEIDE: Cristina Mullins

CENA 1/ TEATRO MUNICIPAL/INTERIOR/NOITE
UM INSTRUMENTAL MELANCÓLICO PERCORRE O AMPLO LOCAL VAZIO/ CAM CORTA / VARIAS PESSOAS DE SEXO E IDADES VARIADAS PASSAM OCUPAR TODOS OS LUGARES/ CLOSE EM ALGUNS EXPECTADORES: NA MULHER FINA E ELEGANTE; NO CASAL COM FILHA PEQUENA; NO GRUPO DE JOVENS; ETC/ CORTA BRUSCAMENTE PARA A GRANDE E AVELUDADA CORTINA VERMELHA/ NOVO CORTE PARA O LADO QUE A CORTINA ESCONDE/ CLARA SE ENCONTRA OBESERVANDO POR UMA PEQUENA BRECHA QUE ABRE COM AS MÃOS ENTRE AS CORTINAS O SEU PÚBLICO; O PUBLICO QUE ESTÁ ALI PARA VÊ-LA E ELA SABE DISSO. UMA VOZ DE MULHER A CHAMA/ CLOSE NO ROSTO DE CLARA QUE SE SURPREENDE/ CAN CORTA PARA LEILA A CO-DIRETORA DO ESPETACULO;
LEILA: (com voz forte, meio masculinizada) Clara! Começamos em dez minutos! Ok?
CLARA CONFIRMA COM A CABEÇA E VOLTA A OLHA ENTRE AS CORTINAS
LEILA: (Chega mais por trás de Clara e sussurra em seu ouvido) Será possível que com tanto anos no papel de Julieta a majestosa Clara de Campos ainda morra de medo do palco?
CLARA RI, LARGA AS CORTINAS E SENTASSE SOBRE ALGUMA PARTE DO CÉNARIO DO PALCO.
CLARA: (Voz macia, musical, um pouco dramática) Medo do palco propriamente dito não, na verdade nunca tive... Confesso que quando comecei na estripulias tinha medo, mas não do palco, tinha medo deles (aponta para o publico que está por trás da cortina) Tinha medo do julgamento deles! Não do meu trabalho, pois sempre tive consciência que fazendo todo o esforço que fiz, não tinha como o resultado ser aquém do que eu esperava. (ri, um riso seco, sarcástico) Tinha medo do que eles podiam achar de mim...
LEILA: (Sentasse ao lado de Clara) Me desculpa, mas isso não faz sentido pra mim!
CLARA: (Levanta como se quisesse fugir de Leila) Quando eu subia ao palco evitava ao máximo olhar para os rostos deles... Ficava em pânico sempre que via qualquer um deles com os olhos fixos em mim... (Imita uma voz grossa, diferente) o que será que essa qualquer fez para ter chegado tão longe assim?
LEILA FAZ CARA DE QUEM NÃO ENTENDEU NADA
CLARA: Mas graças a muito trabalho e a minha psicanalista hoje tudo mudou! Gosto de encará-los; Vejo admiração no olhar das mulheres e desejo no dos homens...
LEILA: (graceja) Se torna-se uma perua vaidosa mesmo hein? Queria era ver cara do falso francês ao te ver toda dona de si e do mundo. (Leila percebe que falou demais). Me desculpa; Eu sei que você não gosta que agente fale nele!
CLARA: Sabe que às vezes eu me pego olhando pra algum deles e como se ele estivesse ali, me amando, admirando o meu trabalho, me aplaudindo...
LEILA: (Séria) Tu ainda gosta daquele safado não é?
FLASH BACK ON
MASCARAS; FIGURINOS E ADERESSOS VARIADOS; TRAJES IMPONENTES E SÓRDIDOS LADO A LADO;
PROFESSORA: (em off) formem duplas, duplas não! Casais! Isso mesmo pode podem ser dois meninos, duas meninas, um menino e uma menina... Tanto faz, não deixam de ser casais, mesmo que não sejam pares convencionais...
CAM PASSEIA PELOS ROSTOS DOS ALUNOS E FOCA NO PERFIL (VISILMENTE TRISTE) DE CLARA.
PARES SE FORMAM, AO PONTO QUE CLARA FICA SOZINHA;
PROFESSORA: Podemos começar? Bom o exercício é o seguint... (NÃO TERMINA A PALAVRA E É SURPRENDIDA PELA ENTRADA DE PIERRE, FACEIRO, MEIO MALANDRO)
PROFESSORA: Esse garoto quer mesmo me matar do coração!
PIERRE: Não querendo ser modesta a senhora não seria a primeira a precisar de tratamento pro coração por minha causa. A lista é extensa. Dúvida? Quando a senhora for passar na enfermaria você verá, tem uma fila desde tamanho (FAZ GESTO COM AS MÃOS), 99% foi eu que mandei pra lá.
TODOS RIEM; MENOS CLARA.
PROFESSORA: Nossa qual será a fonte de tamanha inspiração?
PIERRE: Uma não, eu tenho várias, uma em cada esquina onde uma bela dama espera um cavalheiro andante para lhe salvar do dragão chamado monotonia! Seja ele domesticado ou não eu sempre atenderei o seu pedido.
PROFESSORA: Sua lábia não vai funcionar comigo dessa vez. Sua sorte é que Clarinha não tem par no momento!
PIERRE: (para Clara) Viúva, solteira ou divorciada? Pierre a seu dispor!
ELE PEGA E BEIJA A MÃO DELA; ELA RETIRA, ENVERGONHADA;
CLARA: Nenhuma coisa nem outra!
PROFESSORA: Pronto vocês dois vão ser os primeiros! Venham até aqui, pronto!
ELES SE DIRIGEM AO CENTRO DO PALCO QUE É INDICADO POR ELA
PROFESSORA: Fiquem de costa um para o outro. Com as mãos para trás, assim, esperem um pouquinho (ELA AMARA AS MÃOS DE CLARA E PIERRE JUNTAS PELAS COSTAS) O exercício é o seguinte: Vocês terão que se soltarem juntos, de uma vez só. Sem se esquecer que terão que interpretar um casal nessa mesma situação. Simples assim! Mãos a obra!
ELES TENTAM SE SOLTAR; CLARA FICA MUITO NERVOSA;
CLARA: Eu mereço mesmo com tanta gente aqui logo eu tendo que ficar amarrada a você!
PIERRE: Mas bem que você está gostando! Né? Confessa! Os dois coladinhos aqui...
CLARA: (irritada) Olha seu... seu... (procura a palavra certa) Se eu não tivesse com as mãos nas costas você que ia gostar de sentir a minha palma da mão na sua cara!
PROFESSORA: Não estou vendo nenhum casal, só um bando de gatos selvagens!
PIERRE: (Muda o tom de voz) Olha você não merecia estar nessa situação aqui comigo, ainda mais com alguém como eu de companhia...
CLARA: também não precisa falar assim. Eu também fui um pouco grossa com você... Agente vai sair dessa junto!
UMA MUSICA LEVEMENTE MELANCÓLICA ABAFA A VOZ DAS PERSONAGENS; PIERRE E CLARA INTERPRETAM O NÚMERO DO CASAL AMOROSO QUE SE LIBERTA DOS LAÇOS QUE OS APRISIONAM E O SEPARAM BEM ATÉ DEMAIS; AO SOM DE APLAUSOUS SE ABRAÇAM;
FLASH BACK OFF
CLARA: Acho melhor agente, digo eu, me vestir, o show tem que continuar.
LEILA FICA SÓ E SUSPIRA; CAM CORTA;
CENA 2/ MANSÃO DOA FAMÍLIA PRADO/INTERIOR/BANHEIRO/NOITE
MARISA: (fala no celular) Sim titia, to aqui sozinha! Já já vou ver um filminho... Sim... Não... Eu vou dormir cedo hoje! Pode deixar eu estou cuidando da nossa casinha direitinho! Beijo! Aproveite sua viagem! Fique com Ele!
DESLIGA O CEL; PASSA UM BATOM VERMELHO; BATEM NA PORTA;
JÉSSICA; (em off) A casa já tá cheia Má! E os súditos querem a presença da rainha!
MARISA ABRE A PORTA; JESSICA ENTRA;
JÉSSICA; você arrasou na produção miga!
MARISA: Conta uma novidade Jessy! Agora vamos abalar as estruturas!
CAM CORTA;
CENA 3/ BÊCO DE ALGUM RUA DO RIO DE JANEIRO/ EXTERIOR/NOITE
CAM SEGUE PIERRE QUE CORRE AFLITO; TRÊS HOMENS TENTAM O ENCURALAR; ELE SALTA POR CIMA DE UM MURO; OS TRÊS HOMENS FAZEM O MESMO; CORREM PELO GRAMADO ATRÁS DELE; TRÊS CÃES AVANSAM CONTRA ELES; PIERRE SE LIVRA DOS SEUS ALGOSES E PULA MURRO PELO LADO OPOSTO ONDE ENTROU; ANDA SOSSEGADO PELAS RUAS; ASSOVIA; CAM CORTA;
CENA 4/ SENATÓRIO SANTA CLARA /INTERIOR/ SALA DE ANITTA/ NOITE
CAM SEGUE UM DORSO DE JALECO QUE ABRE A PORTA E ENTRA; CAM CLOSE EM ANITA QUE DORME SOBRE PAPEIS E CADERNOS;
RAUL: (Com a voz levemente mais alta) Só você para me fazer sorrir depois de um dia tão exaustivo como o de hoje;
ANITA ACORDA;
ANITA: (envergonhada) Nossa você me pegou desprevenida mais uma vez! (ri)
RAUL: (sentasse na cadeira destinada ao paciente) Você se doa tanto Anita! As vezes eu acho tão lindo o amor que você sente pelo seu trabalho... Mas quase sempre mudo de idéia quando vejo o tamanho desgaste físico que lhe acarreta tudo isso! Se eu tivesse como te tirava daqui e financiava um novo consultório pra ti.
ANITA: Eu jamais ia aceitar! Primeiro que você não teria de onde tirar esse dinheiro todo; Segundo que eu amo trabalhar aqui, eles me fazem feliz; Não sei se você me entende; Eles me completam;
RAUL: Mas uma hora outra coisa ou alguém vão te preencher, te completar; aposto que nem vai sentir falta dessa paredes que não recebem uma pintura a séculos!
CAM CLOSE NO SORRISO DE RAUL; CAM CORTA;
CENA 5/ APARTAMENTO DE LEONARDO/ INTERIOR /SALA DE ESTAR /NOITE
LUIZA ESPERA PELO PAI, VISIVELMENTE APREENSIVA; TENTA LER UMA REVISTA. NÃO CONSEGUE E A FECHA EM SEGUIDA; AO OUVIR O BARULHO DOS MAÇOS DE CHAVE ELA SE LEVANTA; LEONARDO ENTRA, COM EXPRESSÃO DE DECEPÇÃO ESTAMPADA NO ROSTO;
LUIZA: Alguma novidade?
APREENSIVA ELA SUPLICA UMA RESPOSTA COM O OLHAR; LEONARDO SENTASSE SEM OLHAR PARA O ROSTO DA FILHA;
LUIZA: Fala pai! Diz que ela melhorou e amanhã vai estar aqui! Com agente! Reclamando porque eu não tiro o pó da tão querida montanha de livros dela! Fala!
LEONARDO: Eu queria ter dizer que sim! Queria te responder “foi só um pesadelo, e como todo pesadelo ele acaba quando acordamos e o sol frio da manhã toca nosso rosto”, mas não o quadro dela ainda é o mesmo.
LUIZA: Tudo por causa daquele cafajeste! Se eu esbarrar com aquele maldito eu vou...
LEONARDO: Não vai fazer nada! É duro aceitar, mas ela sempre teve esse problema... Agente fingia que não via... Mas estava ali...
LUIZA: A mania de ler aquelas histórias açucaradas que sempre terminavam em morte... Ela sempre falava que queria morrer por amor...
LEONARDO: Se não fosse por ele seria por qualquer outro... Não é culpa dele..
LUIZA: Agora ela está lá, num hospício...
LEONARDO: Ela está sendo tratada de uma forma muito especial pela doutora Anita. Ela vai sair dessa!
LUIZA CAI EM PRANTOS; LEONARDO ACARICIA A CABEÇA DA FILHA QUE DEIXA-SE CAIR EM SEU COLO; CAM CORTA;
CENA 6/ RUA DESERTA/PRAÇA/ NOITE
PIERRE CORRE; CANSADO SENTASSE SOBRE O BANCO; CELULAR TOCA;
PIERRE: Pois é dessa vez foi por pouco!
RODRIGO: (por telefone) Relaxa! Tô numa festa aqui cheia de gatinhas!
PIERRE: Tô precisando mesmo me distrair! Passa o endereço! Hã... Sei onde fica...
A CONVERSA É ABAFADA POR UMA MUSICA ELETRÔNICA CONTAGIANTE; CAM CORTA;
CENA 7/ MANSÃO DOA FAMÍLIA PRADO/INTERIOR/SALA DE ESTAR/NOITE
A MESMA MUSICA DA CENA ANTERIOR EMBALA A FESTA; CENA DE MOÇAS DANÇANDO, CASAIS CONVERSANDO, GARÇONS SERVINDO BEBIDAS; RODRIGO CONVERSA COM PIERRE; MARISA E JÉSSICA VEM AO ENCONTRO DOS DOIS;
MARISA: Rodriguinho Farias desacompanhado numa festa, ainda mais minha, vivi pra ver isso!
PIERRE: Agora fiquei magoado! Se até uma rainha dessa acha que eu sou ninguém... Agora com certeza eu não existo mesmo!
MARISA: Ninguém do sexo feminino baby...
RODRIGO: Má assim você acaba de queimar completamente! Nenhuma garota vai querer saber de mim desse jeito!
JÉSSICA: Não seja tão radical Drigo, eu conheço essa minha amiga; Sei que ela exagerou...
RODRIGO E JÉSSICA TROCAM OLHARES DE DESEJO MÚTUO;
MARISA: Faça o favor de apresentar o seu amigo Rodriguinho! Não vê que estamos quase entrando numa saia justa!
RODRIGO: Que cabeça a minha! Esse é Pierre meninas. E Elas são Jéssica Martins e Marisa Prado, a dona dessa digníssima festa...
MARISA TROCA OLHARES COM PIERRE; CAM CORTA;
CENA 8/SENATÓRIO SANTA CLARA/ INTERIOR/SALA DE ANITA/NOITE
ANITA ARRUMA SUA BOLSA PARA IR EMBORA/ CLEIDE ENTRA E SE SUPREENDE;
CLEIDE: O que a senhorita tá fazendo aqui ainda? Seu turno já terminou faz tempo, doutor Raul não vai gostar nada de saber...
ANITA: Ele sabe que eu ainda estou aqui, me pegou dormindo! Cai no sono em cima da minha mesa! Mas já que estou aqui vou dar uma olhadinha na paciente Elisa...
CLEIDE: Nita. Nita! Você tá trabalhando demais! Daqui a pouco quem vai ficar louca é você!
ANITA: Seu senso de humor é péssimo, Cleide, parece até portuguesa! Leva tudo ao pé da letra!
CAM CORTA; OS RISOS ECOAM ATÉ A CENA POSTERIOR;
CENA 9/ SENATÓRIO SANTA CLARA/ INTERIOR/QUARTO DE ELISA/NOITE
ELISA USA O LENÇOL DA CAMA ENVOLTA DO CORPO COMO UM LONGO VESTIDO BRANCO; AGE COMO UMA PRINCESA; ANITA BATE NA PORTA;
ANITA: Posso entrar?
ELISA CORRE ATÉ A MÉDICA E A ABRAÇA;
ELISA: Fada madrinha! Eu pensei que você viria só amanhã! Estou feliz. Muito, mas muito... Feliz;
ANITA: Eu também estou feliz Elisa. Gosto de te ver feliz assim! Isso é muito importante para sua recuperação!
ELISA AGE ALHEIA AO QUE ANITA FALA E A ARRASTA PARA A CAMA;
ELISA: Eu descobri um segredo, um segredo muito importante... E Eu preciso te contar, eles mandaram...
ANITA: O que Elisa? Que “segredo” você descobriu?
ELISA: Sabe por que eu fiz isso?
ELISA MOSTRA OS PULSOS, COM AS CICATRIZES AINDA EVIDENTES;
ANITA: Seu pai me contou... Você os cortou por causa dos problemas financeiros da família. Ele não estava desempregado? Não foi isso?
ELISA: Papai mente! Mente muito! Eu queria me matar porque eles me disseram que o meu Romeu havia morrido por mim! Eles eram contra o nosso amor... Eles queriam acabar com o nosso amor... Eu queria morrer, mas não morri... Por isso me trouxeram para aqui madrinha... Mas eles me contaram, o meu príncipe está vivo e teremos o nosso final feliz...
CAM CLOSE NA EXPRESSÃO PERPLEXA DE ANITA; CAM CORTA;
CENA 10/APARTAMENTO DE CÉLIA/INTERIOR/SALA DE ESTAR/NOITE
CÉLIA INTERAJE COM O SEU FILHO (O PEQUENO PETER: (DE 4 OU 5 ANOS);
PETER: (apontando em direção da folha de sulfite) Me desenha mãmã!
CÉLIA: Primeiro eu faço o corpinho, a cabecinha... Os olhinhos e a boquinha...
PETER: Meu piu-piu mamã! Desenha meu piu-piu!
CÉLIA: (pensamento em off) Cada vez tenho mais certeza que esse menino puxou ao pai! Era só o que me faltava: meu único filho com problemas na cachola...
DANIEL ABRE A PORTA E ENTRA COM EMBRULHOS; GABRIEL CORRE EM DIREÇÃO AO PAI.
PETER: Papai! Olha o meu retrato!
DANIEL: Muito lindo! : (pensamento em off) Que diabos é isso aqui? Será?... Não pode ser!
CÉLIA: Vai escovando os dentinhos Peter!
PETER VAI ALEGREMENTE EM DIREÇÃO AO BANHEIRO; CÉLIA ENCARA O MARIDO;
CÉLIA: E ai? Não vai me dizer que passou quase o dia inteiro atrás de um emprego e não apareceu nada ainda?
DANIEL: (constrangido) Bem amor... Eu...
CÉLIA: (irritada) bem amor nada! Já faz mais de dois meses que não entra um tostão furado e as contas só aumentam! E ainda mais que o Peter ta gripado e não tive a cara de pau que você de comprar fiado pela décima vez só na semana...
CÉLIA SENTA NO SOFÁ, EXAUSTA; DANIEL PÕE A MÃO SOBRE A CABEÇA DA MULHER;
DANIEL: (Fraterno) Agente vai sair dessa... Não podemos perder a fé... Vai que amanhã algum conhecido do meu pai, me arruma uma colocação noutra fábrica, numa loja...
CÉLIA ABRAÇA O MARIDO; LEVANTA-SE E VAI GUARDAR AS COMPRAS;
CÉLIA: (surpresa) Mas o que diabos é isso? Um livro! Quer dizer que o dinheiro que era pros remédios do teu filho foi gasto com essa porcaria?
CÉLIA JOGA O LIVRO NO SOFÁ;
CÉLIA: Agora fica ai com teu livro! No meu quarto tu não entra tão cedo!
CÉLIA SAI E BATE A PORTA; CAM CORTA;
CENA 11/ TEATRO MUNICIPAL/INTERIOR/PALCO/NOITE
OS ATORES RECEBEM OS APLAUSOS; JOGAM UM BOQUÊ DE ROSAS AOS PÉS DE CLARA; ELA OS TIRA DO CHÃO, SENTE SEU PERFUME, ARRACA UMA DELAS E A JOGA NA PLATEIA; CAM CORTA PARA:
CENA 12/ TEATRO MUNICIPAL/INTERIOR/COXIA/NOITE
CLARA SENTE O CHEIRO DAS ROSAS E SUSPIRA; LEILA A OBESERVA;
LEILA: é tão bom assim sentir o cheiro?
CLARA: das rosas ou do sucesso?
AS DUAS SORRIEM;
CLARA: acho que já está tarde, vou tirar esse figurino e ir pra casa, tenho um compromisso amanhã cedinho!
LEILA: (curiosa) Com quem?
CLARA: (séria) Com meu tio... A minha prima está internada numa clínica...
LEILA: Eu sei saiu em tudo quando é jornal! Ela tentou se matar...
CLARA: Elisa sempre foi meio estranha mas daí cortar os pulsos... Acho melhor eu ir. Até amanhã!
LEILA: Até...
CAM CORTA PARA:
CENA 13/SENATÓRIO SANTA CLARA/ INTERIOR/SALA DE ANITA/NOITE
ANITA SE APOIA EM SUA MESA, VISIVELMENTE ABALADA; CLEIDE PERCEBE E A SEGURA POR UM DOS BRAÇOS;
CLEIDE: O que foi Anita? A paciente a atacou?
ANITA: Não foi nada Cleide! Já vai passar... Foi só uma queda de pressão...
CLEIDE: Você não se alimentou direito não foi?
ANITA: Não precisa se preocupar! Já estou bem...
CLEIDE: então eu já vou, já é tarde! E você também deveria ir embora...
ANITA: Já vou... Me faz um favor! Quando o Leonardo pai da paciente Elisa vier visitá-la pede pra ele vir conversar comigo?
CLEIDE: pode deixar Nita! Tchau! Beijo!
CLEIDE DEIXA O LOCAL; CLOSE NA EXPRESSÃO PERPLEXA DE ANITA; CAM CORTA.
CENA 14/ MANSÃO DOA FAMÍLIA PRADO/INTERIOR/QUARTO DE MARISA/NOITE
PIERRE E MARISA SE BEIJAM ARDENTEMENTE; ELE A DESPE AOS POUCOS; ELA ABRE A CAMISA DELE; ELES COMEÇAM A TRANSA; CAM CORTA;
CENA 15/APARTAMENTO DE ANITTA/INTERIOR/QUARTO/NOITE
ANITA TENTA DORMIR MAIS NÃO CONSEGUE; VIRA PRO UM LADO E DEPOIS PRO OUTRO;
FLASH BACK ON:
ELISA: Papai mente! Mente muito! Eu queria me matar porque eles me disseram que o meu Romeu havia morrido por mim! Eles eram contra o nosso amor... Eles queriam acabar com o nosso amor... Eu queria morrer, mas não morri... Por isso me trouxeram para aqui madrinha... Mas eles me contaram, o meu príncipe está vivo e teremos o nosso final feliz...
FLASH BACK OFF.
ANITA: (pensamento em off) Será verdade? Mas confesso que acho ate romântico ela amar tanto um cara a ponto de tirar a própria vida... Aposto que se ele exstir deve ser quase um príncipe!
CLOSE NA EXPRESSÃO SONHADORA DE ANITA; CAM CORTA;
CENA16/ MANSÃO DOA FAMÍLIA PRADO/INTERIOR/QUARTO DE MARISA/NOITE
PIERRE DORME NU, APENAS COBERTO PELO LENÇOL COR-DE-ROSA; MARISA SENTADA A SEU LADO O OLHA SATISFEITA; CAM CORTA; A NOITE ACABA E O DIA AMANHECE;
CENA17/ CENA 15/APARTAMENTO DE ANITTA/INTERIOR/SALA/DIA
FLASHS RÁPIDOS DE ANITA ACORDANDO, TOMANDO BANHO, SE VESTINDO ETC; ANITA TORCE A MAÇANETA MAS NÃO ABRE A PORTA; AS IMAGENS DE SUA CONVERSA COM ANITA VOLTAM;
FASH BACK ON:
ELISA: Mas eles me contaram, o meu príncipe está vivo e teremos o nosso final feliz...
FASH BACK OFF.
ANITA: (para si mesma) O pai dela vai ter que me contar essa história direito!
ANITA ABRE A PORTA E SAI; CLOSE NA PORTA (É POSSÍVEL OUVIR O SOM DAS CHAVES); CAM CORTA;
CENA 18/APARTAMENTO DE CÉLIA/INTERIOR/SALA DE ESTAR/DIA
PETER DESENHA; JÁ TRAJADO COM O UNIFORME DA ESCOLA; DANIEL ENTRA AINDA DE ROUPAS DE DORMIR;
DANIEL: Cadê tua mãe? (boceja)
PETER: A mamãe saiu! Disse que se você não tinha peito pra resolvê nossa situação ela tinha!
DANIEL: Ai meu deus... Então acho que eu vou ter que te levar para escolinha então?
PETER AFIRMA COM A CEBECINHA E CORRE PARA ABRAÇAR O PAI; CLOSE NA EXPRESSÃO PREOCUPADA DE DANIEL; CAM CORTA
CENA 19/ MANSÃO DA FAMÍLIA PRADO/INTERIOR/QUARTO DE MARISA/DIA
MARISA SAI DO BANHEIRO DE SUA SUÍTE JÁ VESTIDA; PIERRE ACORDA SEU BOSEJO ECOA PELO RESINTO;
MARISA: Eu não queria te acordar... Você fica tão lindo enquanto dormi...
PIERRE: (ainda abrindo os olhos) Você sim está ainda mais bonita que na noite passada! Se é que esse recorde pode ser quebrado...
MARISA SENTASSE SOBRE A CAMA E ACARÍCIA A PERNA DELE; PIERRE OLHA PARA O RELÓGIO E FINGE UMA SURPRESA, COMEÇAVA ALI UMA PEQUENA CENA; COMEÇA A SE VESTIR RAPIDAMENTE;
PIERRE: Perdi a hora mademoiselle! Tenho uma reunião daqui a pouco! Mas agradeço com muito fervor todo o seu carinho comigo!
MARISA: Você trabalha com o quê?
PIERRE: (arruma o cabelo com uma das mãos) Trabalho no mercado estético; tenho varias clínicas no Brasil e pretendo trazer uma filial para o Rio!
MARISA: (Anota um numero num papel que estava em sua cômoda) Me liga para avisar quando for inaugurar. Quero experimentar algum tratamento... (Morde o lábio inferior, de forma sensual).
PIERRE: (pega o número) Ligarei sim... Tenho vários tratamentos para sugerir... Adeus Ma Cherie! Tenho que correr que ainda tenho que procurar um aparte para alugar!
MARISA: (maliciosa) Você poderia passar essa temporada sendo meu hóspede aqui...
PIERRE: (pensamento em off) Mordeu a isca!
PIERRE: (sedutor) Que audaciosa! Convidar alguém que nem conhece direito para morar na sua casa...
MARISA SE APROXIMA E PEGA NA GRAVATA DELE;
MARISA: (maliciosa) Acho que já te conheço por inteiro... E Outra Rodriguinho não colocaria algum ladrão ou assassino dentro da minha casa!
MARISA O BEIJA E O ARRASTA PARA A CAMA; PIERRE SE DEVENCILHA E ANDA ATÉ A PORTA;
PIERRE: Já que insiste, fico. Au revoir, beau!
PIERRE SAI SUPOSTAMENTE PARA A “REUNIÃO”; CLOSE EM MARISA DEITADA SOBRE A CAMA, EM SEU SORRISO DE SATISFAÇÃO;
CENA 20/COPACABANA/CALSADÃO/DIA
PIERRE ANDA OFEGANTE; TIRA A GRAVATA E O BLAZER; PISCA PARA DUAS GAROTAS QUE VEM NO SENTIDO CONTRÁRIO AO SEU; RI E UIVA COMO UM LOBO; CAM CORTA;
CENA 21/EDITORA VAZ DA COSTA/INTERIOR/ESCRITÓRIO DE NAPOLEÃO VAZ/DIA
CÉLIA ENTRA NA SALA DE SOPETÃO; A SECRETÁRIA VEM LOGO ATRÁS;
SECRETÁRIA: Eu tentei impedir senhor...
NAPOLEÃO: Pode deixar Cleuza! Eu resolvo isso.
CÉLIA: Acho bom mesmo! Só quero saber por que raios você demitiu o meu Daniel! Porque ele pode ser um idiota, um paspalho! Mas ele ama o que faz e faz com muita competência! Foi pra enfiar uma daquelas boazudas que pegam um velho rico e precisam de uma desculpa para fingir que trabalham no lugar dele?!
NAPOLEÃO: Calma Célia! Eu vou te contar! Eu devo isso a vocês! Ao Daniel e a você. Senta!
CÉLIA SENTA, A CONTRAGOSTO;
NAPOLEÃO: A editora não vai bem, nós fazemos um trabalho que é para poucos! Quem lê livros clássicos hoje em dia? Ninguém. Os livros do Daniel sempre venderam bem, mas hoje... As vendas caíram... Eu não tinha como continuar publicando nada dele enquanto nós estivermos...
CÉLIA: (assustada) Isso quer dizer que vocês estão maus das pernas? Vão fechar...
NAPOLEÃO: Eu gosto de ser otimista, mas do jeito que o trem anda essa possibilidade não está descartada, infelizmente.
CLOSE NA EXPRESSÃO DE EXPANTO DE CÉLIA; CAM CORTA;
CENA 22/ EDITORA VAZ DA COSTA/INTERIOR/SALA DE LETÍCIA /DIA
LETÍCIA TRABALHA NO PROJETO GRÁFICO DE UMA CAPA DE LIVRO; CRISTIANO OBSERVA;
LETÍCIA: Nunca pensei que a editora iria publicar essas porcarias de livros com vampiros e lobisomens...
CRISTIANO: Livros de história e literatura clássica não são bem o que se costuma ler hoje em dia.
LETÍCIA: Eu não tenho preconceito com literatura teen ou romances água com açúcar; Mas precisava ser logo uma coisa dessas? Não tinha algo com qualidade não?
CRISTIANO: Qualidade e sucesso na maioria das vezes não se misturam...
LETÍCIA SE LEVANTA; CRISTIANO FRANGE A TESTA;
LETÍCIA: Mas existe literatura com qualidade que pode fazer sucesso... Não precisa apelar paras as tendências duvidosas do mercado.
CRISTIANO: Aposto que se o Napoleão aceitasse um romance escrito por você ele bombaria. Você sabe o que faz...
LETÍCIA: O problema é que seu Pai nunca me dá atenção quando toco nesse assunto. Ele acha que eu só tenho talento pra arte gráfica!
CRISTIANO: (malicioso) Se eu falar com ele quem sabe...
LETÍCIA: Você sabe que esse é o meu sonho... Não brinca comigo.
CRISTIANO ROUBA UM BEIJO DELA; CAM CORTA;
CENA 23/EDITORA VAZ DA COSTA/INTERIOR/ESCRITÓRIO DE NAPOLEÃO VAZ/DIA
CÉLIA SE ENVERGONHA AO DESCOBRIR O MOTIVO DA DEMISSÃO DE SEU MARIDO;
CÉLIA: Você numa situação dessas e eu aqui fazendo essa confusão toda na tua empresa...
NAPOLEÃO: A culpa é minha, eu que devia satisfações a você e ao Daniel! Eu não podia simplesmente parar de publicar os livros dele assim seu mais nem menos como fiz.
CÉLIA: Mas isso não me dava direito de entrar como um furacão aqui! Levando tudo e todos comigo, pondo o dedo na tua cara...
NAPOLEÃO: (ri) E eu sempre te admirei essa tua coragem. Você é a mulher que o Daniel precisa: forte e decidida. Por isso tenho inveja dele. A Glória não é nem um exemplo de mulher exemplar...
CÉLIA: Me desculpa mesmo Polê, digo Napoleão! Preciso dar um jeito no meu marido, ainda hoje. Ele precisa dessa mulher que você mencionou, não dessa barraqueira que apareceu aqui.
CÉLIA SE DESPEDE E SAI; SOZINHO NAPOLEÃO SORRI;
CENA 24/APARTAMENTO DE NAPOLEÃO/SALA DE ESTAR/DIA
GLÓRIA LÊ UM LIVRO QUANDO A CAMPAINHA TOCA, SE LEVANTA E VAI ATENDER;
GLÓRIA: Maldita editora só serve para queimar o resto do patrimônio do tonto do Napoleão! Nem pra pagar uma empregada serve! Ai que vida!
ELA ABRE A PORTA E É LEONARDO, SEU EX-NAMORADO DA ADOLESCÊNCIA;
GLÓRIA: Léo!? Entra, aconteceu alguma coisa com as meninas.
LEONARDO: Eu só queria um abraço! Não me deixa sofrer sozinho!
ELES SE ABRAÇAM DEMORADAMENTE; LEONARDO CHORA; CAM CORTA;
CENA 25/SENATÓRIO SANTA CLARA/ EXTERIOR/ JARDIM/DIA
VARIOS PACIENTES TOMAM BANHO DE SOL. ELISA ESTÁ SENTADA SOBRE UM BANCO BRANCO (COM UMA BONECA NO COLO) QUANDO HENRIQUE SE APROXIMA GALANTE;
HENRIQUE: Quem é ti bela donzela? Pois sou o vosso Príncipe e me deves obediência!
ELISA: Eu só uma pobre mãe vossa alteza, essa é minha filhinha. Ela estava doente há dias e resolvi sair com ela para tomar um pouquinho de sol, está tão pálida!
ELE SE SENTA A SEU LADO;
HENRIQUE: Muito linda a vossa filha! Ordeno que venham mora comigo em meu palácio! Serão tratadas como Rainhas!
ELISA SE LEVANTA, RECUANDO DELE;
ELISA: Não posso! O Pai dela vai vir me buscar! O meu Romeu... O meu Amor... Eles me falaram... A minha fadinha madrinha...
ELISA SAI CORRENDO;
HENRIQUE: Espere-me linda donzela! Não me deixes!
ELISA DEIXA CAIR UM LENCINHO, HENRIQUE O RESGATA DO CHÃO E SENTE O SEU CHEIRO; CAM CORTA;
CENA 26/APARTAMENTO DE LEONARDO/ INTERIOR /SALA DE ESTAR/DIA
LUIZA ABRE A PORTA, É CLARA, SUA PRIMA; ELA SUSPIRA E TENTA FECHAR A PORTA, MAS CLARA PÕE O PÉ E IMPEDE;
CLARA: Eu só quero saber notícias da Elisa. Por favor!
LUIZA A DEIXA ENTRAR;
LUIZA: Depois que você ficou famosa esqueceu que tem família! Família essa que te acolheu quando tua mãe morreu!
CLARA: Não seja tão radical que eu sempre ajudo o meu tio todo finalzinho de mês!
LUIZA: Não tô falando do teu dinheiro queridinha! Quando foi que você visitou a Elisa na clínica? NUN-CA! E ainda tem a cara de pau de aparecer aqui fazendo o número de preocupada com a família!
CLARA: Tá certo que eu não tive nenhuma consideração ultimamente... Mas me dá um desconto... Eu sou uma mulher ocupada!
LUIZA: Ocupada ao ponto de nem ligar pra saber se a Elisa tava viva? Hã só se for ocupada com autógrafos e jantares de negócio com patrocinadores...
CLARA: Tá bom! Não precisa me perdoar. Mas me dá pelo menos o endereço da clínica onde ela tá internada! Por favor!
LUIZA ANOTA O ENDEREÇO NUM PAPEL;
CLARA: Fala pro Tio que eu passei aqui...
CLOSE NA EXPRESSÃO CONTRADITÓRIA DE LUIZA;
CENA 27/SENATÓRIO SANTA CLARA/INTERIOR/ SALA DE ANITA/DIA
ANITA ESTÁ IMPACIENTE, SE LEVANTA, SE SENTA NOVAMENTE;
ANITA: Cleide o pai da paciente Elisa ainda não apareceu?
CLEIDE: Hã, mas pode deixar que quando ele aparecer eu já mando ele vir aqui falar com você!
CLOSE NA EXPRESSÃO DE ANITA, ANCIOSA;
CENA 28/ MANSÃO FAMÍLIA PRADO/INTERIOR/BANHEIRO DA SUÍTE DE MARISA/DIA
MARISA ESTÁ MERGULHADA EM SUA ENORME HIDRO, COBERTA POR UMA ESPESSA ESPUMA BRANCA;
FLASH BACK ON:
PIERRE: (sedutor) Que audaciosa! Convidar alguém que nem conhece direito para morar na sua casa...
MARISA SE APROXIMA E PEGA NA GRAVATA DELE;
MARISA: (maliciosa) Acho que já te conheço por inteiro...
FLASH BACK OFF.
MARISA BRINCA COM A ESPUMA DA PISCINA E SORRI; CAM CORTA;
CENA 29/PRAIA DE COPACABANA/ DIA
PIERRE TIRA A ROUPA E FICA SÓ DE CUECA; CAI NO MAR; SAI DO MEIO DAS ONDAS E FLERTA COM DUAS MENINAS QUE TOMAM SOL NA PRAIA; CLOSE NA EXPRESSÃO SEDUTORA DELE; CAM CORTA;
CENA 30/APARTAMENTO DE NAPOLEÃO/SALA DE ESTAR/DIA
GLÓRIA PREPAROU UM CHÁ PARA LÉO, AGORA MAIS CALMO;
GLÓRIA: tem que ser ter fé, mesmo que não tenha religião! Não Míngua Léo! A tua menina é forte! Ela vai se curar!
LEONARDO: Às vezes eu acho que não vai ter jeito! Que ela vai continuar assim para sempre, que já é dela. Mas eu não queria perder as esperanças!
GLÓRIA: Então não perda Homem! Tenha força de vontade! Creia não em nem um deus, mas nela, na força que ela tem e você nem sabe! É uma luta difícil, uma luta consigo mesma! Mas ela vai sair vitoriosa!
LEONARDO: Obrigado Glória e me desculpa por ter invadido a tua casa. Mas tenho que ir, tenho que vê-la!
LEONARDO SAI, DE LONGE GLÓRIA SORRI;
GLÓRIA: Não perca a esperança!
CLOSE EM GLÓRIA, EMOCIONADA; CAM CORTA;
CENA 31/SENATÓRIO SANTA CLARA/INTERIOR/SALA DE ANITA/DIA
BATEM NA PORTA;
ANITA: Pode entrar!
LEONARDO ENTRA;
LEONARDO: Bom dia! Me disseram que você quer falar comigo?
ANITA: Bom dia para o senhor também. Sim, eu quero falar com você. Sente-se!
LEONARDO SENTA; ANITA PROCURA AS PALAVRAS MAS NÃO ENCONTRA DE PRIMEIRO, SUSPIRA E FALA;
ANITA: Por que o senhor não me contou que a Elisa tentou suicídio por causa de um rapaz? Você deveria saber que como médica eu tenho que saber tudo que envolve a doença da sua filha, ainda mais uma coisa tão séria como essa!
CLOSE NA EXPRESSÃO SEVERA DE ANITA; CAM CORTA;
FIM DO CAPÍTULO.


avatar
sandyleahlove

Mensagens : 33
Data de inscrição : 17/01/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum