Aquarelas no Horizonte by Angústia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Aquarelas no Horizonte by Angústia

Mensagem por J em Sab Fev 25, 2017 3:48 am

AQUARELAS NO HORIZONTE


Yara (Elizabeth Savalla) é uma mulher de fibra e que sustenta a filha Amanda (Isabelle Drummond) fazendo doces, também alugando espetáculos com seu circo velho na praça na pequena cidade de Jucá-SP. Ela possui um sobrinho que cria como se fosse seu, chamado Renan (Marco Pigossi), mas que já mora fora de casa em Santo André no ABC e estudando numa faculdade de fisioterapia, que sempre foi o seu sonho, além disso, ele é mestre em segurança pessoal e se vira fazendo bicos dando treinamento para pessoas em clubes ou academias. Amanda é uma garota que simples, mas que aparentemente não se contenta com a situação que vive, quer as melhores coisas, os melhores sapatos, as melhores roupas... Coisas que a sua mãe e muito menos o seu irmão pode oferecê-la. Ela e o Renan são muito além que primos, tem uma conexão de amizade muito forte, são muito confidentes, Renan de vez em quando faz alguns mimos para a sua irmã mais nova comprando algumas roupas de marca e etc. Renan possui um relacionamento com Dante (Armando Babaioff), o herdeiro dos tão famosos Bella Vita, donos do circo que leva o mesmo nome e ganha milhões pela a seu espetáculo popular e também elitizado por várias partes do Brasil. Dante é filho adotivo de Diana (Maria Padilha) e Rodrigo (Werner Schunermann), um casal que vive em pé de guerra, pois não sabem o limite entre trabalho e casamento. Além disso, vivem também junto com eles, o pai de Rodrigo: Don Vito (Tarcísio Meira), um homem que conseguiu fundar seu circo após muito esforço e anos trabalhando com palhaço mambembe. Dante é tem dois filhos de um casamento passado, já que a sua mulher morreu após o pequeno Rodolpho ter completado seu aniversário de 2 anos, além dele Dante possui a já grandinha Chiara de 3 anos. Dante sempre pareceu amar de verdade sua esposa Priscila, não dando mais tantas suspeitas de ser gay ou até bissexual. Porém, os Bella Vita são altamente preconceituosos, jamais aceitariam um filho homossexual e até arrumaram uma esposa para que o filho se casasse logo e afastasse da mídia boatos da sua suposta homossexualidade, bem... É o que parece. Dante mantém as sete chaves a sua relação com Renan, já que finge estar resolvendo contratos por cidades pelo Brasil para viver em apartamento com o seu namorado, Renan ao que parece sempre foi bem resolvido, nunca assumiu nada pra sua “mãe”, mas no fundo sentia que o filho era e aceitou dentro de si que a verdadeira orientação que ele devia tomar era a de ser feliz.  

Amanda e Yara comemoram o sucesso de mais uma temporada do seu pequeno circo em Jucá-SP. Nesse mesmo dia, Renan leva Dante para conhecer a sua mãe e assistir um espetáculo do Circo Odin. Yara fica aterrorizada após ela ouvir que o namorado do seu sobrinho é um Bella Vita e trata mal Dante. Amanda e Dante se entreolham após a apresentação de trapezistas, onde um deles deixa uma rosa no chão e Dante entrega para Amanda que fica aparentemente constrangida e apreensiva até o fim do espetáculo com medo de ser mal interpretada por Renan que fica aparentemente intrigado. No meio de toda a noite estrelada de arte, luzes e sirenes chegam no local e a polícia revela uma denúncia anônima sobre drogas no circo. Yara nega, mas os policiais vasculham durante o show, que obviamente é interrompido. A droga é encontrada, logo após Yara é presa com grande comoção e também certo mistério de quem colocou aquilo. Amanda fica visivelmente culpada (seria por Dante ter lhe entregue a rosa ou ela ter tido parte no crime?), Dante fica desconfiado e trata de voltar imediatamente para uma pousada na cidade onde estava uma mala muito maior do que suas roupas (seria que a alguma coisa a mais estaria lá?) e Renan fica misteriosamente frio e gélido diante a situação da pessoa que o criou ser presa e após uns dias após a prisão de Yara, ele fica com pressa de vender a casa onde viviam Amanda e sua “mãe” com o motivo de apagar “lembranças ruins”.  Logo depois, descobre-se que Amanda tinha um pé de meia para fugir de Jucá em direção à São Paulo, mas que o resto seria possível com uma venda do imóvel ou uma pensão-presidiária. Yara recebe visitas de Amanda e Renan, onde jura encontrar quem sabotou seu circo e a enfiou na cadeia, além disso, ela pede para que Renan leve Amanda para morar com ele em Santo André e ele atende o pedido dela.

Dante vai São Paulo, no bairro dos Jardins onde está localizada a mansão dos Bella Vita cheio de coragem e diz que para a família que em breve vai mostrar seu grande amor, disposto a por o seu relacionamento com Renan às claras com incentivo de Amanda, que busca ver o irmão feliz. Mas a repentina aproximação entre eles, mexem com os sentimentos dela, principalmente. Dante fica confuso e decide por Amanda pra fora do apartamento onde ele comprou para Renan após ela tê-lo roubado um beijo, mas ele não conta para Renan e Amanda se sente culpada, mas quer lutar pelo seu amor por Dante. Renan se nega a botar Amanda para fora do apartamento já que jurou a sua “mãe” que não faria isso e que se ela fosse embora, ele iria junto como prova de fidelidade à sua irmã. Dante releva por amor a Renan, que em seguida transam e Amanda observa tudo pela fresta chorando não sabendo lidar com próprios sentimentos. Na madrugada, Amanda sai de casa numa cidade onde nunca pisou e cai de uma marquise baixa. Dante e Renan descobrem que Amanda saiu e saem para procurá-la, Dante a encontra debaixo de um viaduto ainda meio desnorteada com a queda, mas ela diz que não pode viver na mesma casa com as pessoas que mais amam: uma ama fraternalmente e outra carnalmente, tenta pegar um ônibus de volta a Jucá, porém num impulso, impede e a leva para hotel, onde os dois transam num misto de desejo e culpa. Renan volta para casa completamente frustrado de não ter encontrado a irmã, mas na manhã chega Dante e Amanda do hotel como se nada houvesse acontecido e dizem que Amanda foi vista perto de uma farmácia para comprar remédios, uma desculpa tanto quanto esfarrapada. Renan percebe na janela movimentações estranhas, mas fica sem reação já que diz para Dante e Amanda que podem ser novos vizinhos. Dante fica com muita culpa de ter traído Renan e Amanda idem.

Renan decide pedir uma prova de amor para Dante: um filho e Amanda é o seu alvo como barriga de aluguel para que isso aconteça, já que esta de tão culpada aceitou o acordo, que pega Dante de surpresa. Dante os leva para uma clínica fertilizante e lá em pouco tempo ocorre a fertilização, em menos de dois meses Amanda está grávida, mas ela não sabe se foi da noite no hotel ou foi com a fertilização. Dante e Renan decidem assumir para a família do primeiro no dia em que vai ter a primeira ultrassom de Amanda para o sexo do bebê. O dia chega, mas antes de ir com o seu namorado, Renan vai para São Paulo comprar enxoval e seu carro é perseguido por homens com armas, onde há um tiroteio e ele é quase alvejado, assustado volta imediatamente para casa e decide por si mesmo se mudar. Ao voltar para casa, flagra Dante e Amanda transando no quarto infantil e tem um ataque de fúria, surra Dante e quase dá também na sua “amiga”, mas não consegue com receio para que ela perca a criança. Renan fica num surto tão grande que vai até a garagem para ir embora do apartamento, Amanda completamente alterada entra também no carro para se explicar e Dante vai para tentar impedir que Renan faça uma besteira. Na estrada, numa briga coletiva, o veículo passa a ser seguido pelos mesmos que foram atirar contra Renan na volta de São Paulo. O carro vem ao lado do carro onde os três estão e dá um tiro na cabeça de Dante e outro no pneu dianteiro do veículo que o faz capotar e colidir com um ônibus cheio de pessoas, que explode. Amanda sai ilesa do acidente, já que abriu a porta do carro antes de capotar, o acidente trágico tem muitas vítimas e outras até mesmo sem se reconhecer pelos corpos carbonizados.

Rodrigo descobre que o filho sofreu um acidente e vai até o hospital, onde encontra Amanda, que nesta altura acha que Renan morreu carbonizado. Diana chega até o quarto e encontra os dois agarrados com a visão do marido atrás dela e deduz que ela fosse a pessoa que o filho iria apresentar, mas fica com receio após descobrir pelas roupas que se trata de uma garota humilde e possivelmente golpista. Amanda e Rodrigo passam a trocar conversa e ela descobre que é tratada como a namorada de Dante e que está grávida dele, ela se assusta e corre para um canto apavorada, mas após chorar um pouco e até dar certos sorrisos com a situação (?), ela decide que vai seguir com a mentira com o seu grande amor e agora com um filho em mãos. Ela retorna ao quarto de Dante e assume que ela é a namorada dele e que iam se casar, para a alegria de Rodrigo e ódio de Diana, que logo a provoca. Dante após acordar depois de meses, passa a dar certa apreensão em Amanda, mas tudo vai embora quando o médico diz que após a cirurgia no cérebro de Dante afetou a sua memória, o que era perfeito para ela. Amanda passa a morar na mansão Bella Vita e ganha cada vez mais o ódio de Diana, que exige um teste de DNA do filho que ela espera e Amanda fica aparentemente tranquila com enquadro da “sogra”, então ela e Dante fazem um DNA intra-placenta (com o bebê no útero) para sanar de vez com a implicância de Diana. Nesse meio tempo, Amanda impede qualquer intervenção nela ou na criança seja ultrassons, pré-natais ou até mesmo consultas, já que pensa que Diana quer arrumar um jeito de acabar com ela. Amanda vai até o laboratório buscar o exame alguns dias após o exame e fica desesperada ao saber que o filho que espera não é de Dante e sim de Renan. Ela num ato de impulso, numa anoitecer de uma noite chuvosa provocar um incêndio na clínica para que nada seja provado. Ela ataca uma cliente no meio da rua que atrai funcionários da clínica e ateia fogo no local e escapa. No meio da rua, tem as complicações do parto e com nojo da criança, coloca ela num saco plástico num lago e vai embora. No meio do trajeto é atropelada por um carro e levada para um hospital do subúrbio, lá compra um médico com o seu dinheiro que juntou no banco em Jucá para pagá-lo: 20 mil reais, para que diga que o atropelamento de um carro anônimo causou um aborto e a morte da criança. Rodrigo é acionado pelo hospital e Dante chora acreditando que o filho morreu e isso fortalece ainda mais o laço que tem agora com a “esposa” Amanda. Diana ainda fica suspeita da história porque nunca se soube do paradeiro do corpo do bebê, mas fica calada e decide ficar com a dúvida consigo já que o seu filho está feliz com o amontoado de mentiras que é o seu casamento com Amanda.

Doze anos depois, num orfanato crescem Isadora, Ed e Bruno. São um triângulo amoroso completamente baseado na amizade mútua, digamos assim. Ed ama Isadora que ama Bruno. Isadora sempre foi uma garota muito astuta e é figura conhecida no orfanato junto com Bruno, já que nem as próprias freiras gostam de lembrar como ele foi parar lá. Ed é um garoto bem mais novo que seus amigos (quatro anos) meio mal encarado, mas uma pessoa que no fundo sabe amar a todos que quer bem, mas não gosta de demonstrar isso. Isadora sabe do amor que ele sente por ela e consegue afundar toda a amizade que Ed e Bruno sentiam por puro capricho (sim, ela é uma kid prostituta e piranha, amo). Bruno e Isadora passam a ter um namoro que leva a fúria de Ed, que passa a ser usado por Isadora para artimanhas de vingança pessoal ou mérito pessoal. Ed descobre numa conversa entre as funcionárias que Bruno pode ser filho de gente muito importante, mas não sabe quem é e conta para Isadora, que busca arrumar uma forma de tirar proveito disso.

Durante um passeio entre todas as crianças numa filial do circo Bella Vita, ela é abordada por uma mulher tanto quando misteriosa que oferece um acordo com ela, que ela aceite trabalhar para o Palhaço. Isadora claramente ri da situação e acha que aquela mulher é louca e que está de brincadeira com a cara dela, porém Débora (Marcella Rica) diz que ela será adotada por uma família rica e ter tudo o que quiser se ela for aceitar a oferta, que é conseguir ser adotada por Amanda (Giovanna Antonelli) e Dante (Caco Ciocler). Ao passeio terminar, Débora entrega um número de celular e que poderia ligar a qualquer hora que ia atender. Bruno observa a conversa e tenta alertar Isadora sobre o risco de falar com estranhos. Ed fica completamente com inveja do fato de Bruno ser possivelmente um rapaz rico e briga com o ex-amigo e revela isso sem querer. Bruno então fica vislumbrado com a notícia de que acha que os pais não podem ter morrido e fala para Débora que ela pode visitá-lo todos os dias quando for adotado pelos pais ricos. Nisso atiça um ódio e inveja de Débora, que não quer se sentir inferiorizada por Bruno e acha que o mundo é injusto, já que uma pessoa tão desapegada a valor material como Bruno não pode ser um garoto rico. Imediatamente, ela pede ajuda de Ed para arrumar o telefone da diretora do orfanato por ramal e consegue falar com Débora e diz que aceita a oferta. Débora diz que agora tudo que ela tem que fazer é esperar para o próximo passeio escolar, promovido por uma empresa perto da Avenida Paulista, perto do MASP onde as crianças iriam. Também perto do prédio, havia também a sede da Bella Vita e no mesmo dia em que ocorre o passeio, há um grande impasse no local com eleição de Amanda para a presidência do grupo que controla a administração do circo, para a rebeldia de Diana, que não aceita isso de forma alguma, seria mais uma perda da sua vida, já que seu casamento com Rodrigo acabou, porém ela tem chances de reconquistá-lo e ela possui apenas a neta Chiara como grande motivo de estar ativa naquela família. Enquanto isso, na mansão Bella Vita, Don Vito tem como única companhia de seus devaneios o neto Rodolpho que é o único que o escuta e que lhe dá atenção em meio a uma família desestruturada.

Durante o passeio das crianças, Débora encontra com Isadora no vão do MASP e avisa que ela tem que ficar a frente dela já no meio-fio da avenida, o que Isadora acha estranho. Quando o carro de Amanda e Dante está perto do local em baixa velocidade (?), Débora empurra Isadora na frente do carro e vai embora em disparada para um carro preto, que é perseguido por Ed, sem sucesso. Isadora é levada para o hospital e ganha a simpatia de Diana logo de cara e também Dante se afeiçoa a menina, exceto Amanda que tem implicância quase natural por ela e a garota retribui todo o ódio por meio de gestos e indiretas, que só aumenta a preferência por Diana. Débora liga e pede desculpas em nome do Palhaço e diz que enfim, ela jogue com o seu charme para que consiga ser adotada pelo casal e ela ouve traços de como fazer isso. No dia da despedida da internação, Diana e Dante se sensibilizam por um show de Isadora, que contamina a todos, exceto a Amanda. Dante se prontifica a adotar Isadora urgentemente e pega Amanda de surpresa, e leva uma negativa dela, já que não gosta da garota, mas Rodrigo faz a cabeça de Amanda a levar a garota menos a sério e tentar pelo menos uma vez ser mãe e ela decide dar uma chance a si mesma. Isadora volta ao orfanato para pegar as coisas e para esfregar na cara de todos a sua vitória e que conseguiu o seu sonho: ser rica. Ed fica chateado e Bruno fica satisfeito por Isadora, porém ela antes de dizer que ama, vai embora.

Yara sai da cadeia após longos anos por tráfico e descobre que a sua casa foi vendida, e que toda a omissão por parte dos filhos (nenhum deles a visitou nesses doze anos) foi explicada pela a então morte de Renan e a omissão de Amanda, que se nega a se encontrar com a mãe flagelada. Yara desaba com toda a avalanche de notícias e embarca para São Paulo num ônibus disposta a recomeçar. Lá se encontra com a filha que a renega e arruma um emprego de faxineira no orfanato onde Ed e Bruno estão. Bruno logo trata de fazer amizade com a nova funcionária que se encanta com o menino e deseja adotá-lo e assim acontece. Bruno passa a então a viver com Yara vendendo doces nas ruas de São Paulo ou em portas de grandes circos como o do Bella Vita. Um dia, Rodrigo passa rapidamente por uma poça de água que suja não só Yara, mas todos os doces que ela tinha e ele decide ajudá-la, e com isso nasce um amor. Porém, Yara conhece Rodrigo de algum lugar, sente que já se viram ou já se encontraram e o mesmo acontece com ele. Diana descobre o relacionamento do seu marido com uma flagelada e passa a enfrentar a ex-presidiária, que fica apavorada ao descobrir que o mesmo Rodrigo que tem um caso, é o mesmo Rodrigo de que anos atrás já teve um caso com ela e teve uma criança, mas que abortou a mando de Don Vito. Diana passa a lutar pelo seu casamento custe o que custar. Um novo professor chega ao bairro do Peruche, onde Ed se encanta pelas artes circenses de trapezista e também por Lúcio (Rodrigo Lombardi), um moço tanto quanto misterioso (que obviamente é o Renan). Lúcio possui muito rancor de ter sido esquecido numa Santa Casa de Misericórdia sozinho durante anos sem se movimentar ou até mesmo falar devido a sequelas do acidente e sem notícias de Amanda ou Dante e passa a nutrir desejo de saber o que realmente aconteceu. Por que os dois se casaram? Por que o esqueceram? Ou será que o acidente foi premeditado por ele e estaria mentindo? Enfim, Ed implora para que Lúcio o aceite como ajudante em seus bicos como defensor pessoal e também professor de trapézio e ele aceita contanto que Ed o aceite como pai, porém Lúcio esconde o passado dele do filho e vai fazer o máximo para que não descubra.

Isadora logo tem atritos com Rodolpho, que acha a garota metida e insolente, já Chiara gosta da irmã e mas o amor passa rápido, já que Isadora a chantageia por causa do seu vício em bebida alcóolica e que até esconde drogas no quarto. Assim, Isadora consegue se impor na mansão, porém em um dia recebe um telefonema de Débora e é interceptada pro Don Vito que atende a ligação e ouve uma voz familiar e se choca com o envolvimento de Isadora no fato e põe na parede. Ela diz que não sabe de nada e revela a verdade, mas ele não acredita em nada do que ela fala, e decide dizer pra família que a garota está envolvida com “ele” sendo que Vito não cita nomes. Vito tem um infarto na frente da garota, que se desespera com o que está acontecendo. Sentindo que o velho está morrendo, ela vai até o quarto de Chiara, rouba uma das suas garrafas de bebida e coloca nas mãos do velho. Todos na mansão chegam e flagram Vito caído no chão e Isadora diz que viu o avô fuçar a garrafa nas coisas de Chiara e Dante vai até lá e flagra os entorpecentes, e Isadora completa a história dizendo que Chiara matou o avô de desgosto, e ela parte pra cima da irmã mais nova, mas é segurada e imediatamente é mandada para uma clínica de dependentes químicos e talvez esquecida para sempre lá, após ter causado o infarto de Vito. Agora o patriarca Bella Vita está vegetal na sua cama e apenas observando o que todos falam ao redor dele (kibei MAA, desculpa).

Isadora liga desesperada para Débora e pede ajuda, Débora fala que não há outra solução a não ser desligar os aparelhos do velho, mas Rodolpho ouve a conversa e fica atento à isso. Isadora fica triste e decide que não irá fazer absolutamente nada. Rodolpho a joga contra a parede e pergunta com quem ela estava falando e os dois vão para então a um miniceleiro de um campo no enorme jardim da mansão para discutir. Lá Isadora, perde a paciência e tranca o irmão num corredor com um cavalo o chicoteia o animal até ele quase pisotear o irmão só para assustá-lo. Nesse meio tempo, Débora consegue entrar na mansão e desligar os aparelhos de Vito, mas vendo que desligar não funcionava pelo bom estado do patriarca, ela decide sufocá-lo com um travesseiro. Era o fim dele, porém ao voltar para a mansão, todos estavam chorando a morte de Vito, já que Débora escapou sorrateiramente por um entrada na casa (será que alguém ajudou ela?). Rodolpho acusa Isadora de ter matado o avô e todos na sala se chocam, mas Isadora usa um trunfo que ninguém esperava: revela que o irmão a acusa de tantas mentiras porque descobriu que ele era gay (o Rodolpho tinha trejeitos de ser um garoto sensível e possivelmente homossexual) e acaba com o garoto. A família passa a acreditar na versão de Isadora e passam então a isolar Rodolpho pela homossexualidade dele na família, com apenas Dante dando certa atenção ao filho. Amanda passa a desconfiar das atitudes de Isadora. Assim, Rodolpho passa então a odiar a irmã e sentir inveja pela atenção de todos a ela, enquanto ele é rejeitado.

Mais oito anos se passam, agora Isadora (Alice Wegmann) é uma garota muito cheia de si, enquanto Rodolpho (Gabriel Leone) é um rapaz altruísta e também introspectivo após as artimanhas da irmã, vive em atrito com ela pois a acusa de der destruído a sua relação com a família. Chiara (Letícia Colin) sai da clínica de dependentes químicos pior que voltou e Isadora passa a amedrontá-la de vez em quando oferecendo bebidas ou cigarro. Diana conseguiu destruir o relacionamento do marido com Yara com um roubo armado oito anos atrás e agora se sente feliz com a própria vida, porém ignora tudo que acontece ao redor. Amanda (Giovanna Antonelli) e Dante (Caco Ciocler) estão em crise profunda no casamento e agravada ainda mais pelas birras da primeira com Isadora, que é a princesinha do papai. Bruno (Pierre Baitelli) é um jovem que consegue entrar no tão valorizado Bella Vita como um grande animador. Ed (Ghilherme Lobo) é um bad boy que tem atritos com o pai Lúcio (Rodrigo Lombardi) e que vive de festas e garotas, um rapaz extremamente homofóbico, vive por atrapalhar a vida de Rodolpho no Bella Vita, já que consegue ingressar como trapezista juvenil e odeia o diretor de espetáculos cujo é subordinado (Rodolpho).

Ed decifra a identidade de Isadora e vai até ela afim de conseguir alguma coisa, porém leva um fora da garota. Ao expulsá-lo do seu carro, Isadora chama atenção de Bruno que vai defendê-la do assédio de Ed e então Isadora se encanta novamente com Bruno, mas fica completamente triste com as condições “deploráveis” no qual ele vive, que é numa casa simples de subúrbio com uma mãe doceira. Ela começa a namorá-lo, mas esconde da família do pavor que é ter um namorado pobretão. Rodolpho e Bruno se esbarram no Bella Vita e os dois passam a fazer um show só deles em um espetáculo, e há um clima entre eles.

Numa festa de inauguração da nova matriz do circo, Amanda se atrasa para o evento e fica presa no trânsito, porém é vítima de arrastão e é obrigada a entregar o carro. Acaba indo a uma casa próxima de dá de cara com Renan/Lúcio, só que ela não o reconhece devido ao seu rosto mudar com o tempo, mesclado com marcas do acidente e o trabalho tão intenso que ele teve esses anos. Ao entrar na casa e pedir ajuda, Lúcio se revela e a põe contra a parede, e ela sonsa nega que seja Amanda e o acusa de ser louco, mas depois de mentir tanto, ela deixa a máscara cair e eles tem um embate cujo o resultado são tapas mútuos e verdades ditas, no fim, Lúcio jura que vai se vingar (ou será que já está se vingando?). Amanda chega ao espetáculo e leva indiretas de Isadora que diz que a mãe tem um amante bem vagabundo, para deixá-la com marcas de sujeira e leva um tapa dela. No meio do show, Rodolpho decide evidenciar Isadora e revela a bomba do namoro de Isadora com Bruno, o segundo fica completamente feliz com o fato dito para vários espectadores, mas Isadora vai lá no palco e desmente a história, ainda diz que isso é uma brincadeira de mau gosto do irmão usando “subordinados” com ela e isso chateia Bruno e inicia uma guerra entre Isadora e Rodolpho, que saem juntos do local e ela briga com o irmão após ele dizer que ama Bruno e o fere com uma faca.

Ao ir para o hospital, Isadora arma e compra o médico para que arranje um exame falso de HIV para que o irmão fique desesperado. A família se choca com a doença de Rodolpho, e inicia um tratamento de drogas fortes em um paciente saudável. Isadora se diverte com a situação do irmão que quase morre e tem uma parada cardíaca com as drogas fortes que está tomando. Chiara salva o irmão do tratamento e chama um médico de sua clínica para avalia-lo e descobre um golpe da irmã e pela primeira vez se impõe. Ed e Chiara passam a se encantar um pelo outro na Bella Vita. Bruno descobre que Rodolpho está doente e vai tentar visita-lo num hospital, e ele garante que nada vai mudar entre eles, mas Rodolpho conta da armação de Isadora e isso estremece ainda mais a relação dele e Isadora. Ao sair do hospital, Bruno e Rodolpho se beijam e Isadora vê tudo e fica possessa, com isso chama Ed e passa a noite com ele, agora passa a usar o rapaz como sexo casual sempre que pode. Rodolpho expõe Isadora pra família e conta a farsa que ela fez e Dante dá um tapa na garota. Bruno e Rodolpho passam a namorar escondido, mas Ed tira fotos e expõe o casal durante um espetáculo da Bella Vita. Bruno fica completamente assustado com a recepção negativa e o preconceito entre o seu relacionamento com Rodolpho e decide dar um tempo, principalmente após chegar aos ouvidos de Yara, que ao invés de criticar, apoia o filho, mas Rodolpho vê isso tarde demais e não consegue se reconciliar com Bruno, que vira alvo de Isadora. Chiara descobre as traições de Ed com Isadora e dá uma surra na irmã.

Lúcio e Dante se encontram e então um silêncio se instaura na sede administrativa Bella Vita. Amanda chega e ri com a situação, após Dante acusar Lúcio de ser um louco, já que não se recorda dele. Yara vira empregada da mansão Bella Vita e Rodrigo se encanta por ela novamente e a questão do roubo se soluciona e Diana se encontra em apuros novamente com o casamento. Isadora maltrata a nova empregada sem saber que se trata da mãe de Bruno. Rodolpho e Ed brigam após o primeiro acusar o último de acabar com o seu namoro. Lúcio dá uma surra em Ed após descobrir o que fez com Rodolpho e com Chiara, e pede para que o filho remende tudo que fez. Yara é a apresentada por Bruno a Isadora, que se choca e é humilhada por Bruno após ter descoberto mais um podre do caráter de Isadora. Rodolpho decide investigar Isadora e descobre a relação dela com Débora. Isadora pede perdão de joelhos para Yara e pede a mão de Bruno em casamento para o desespero de Rodolpho, que pretende revelar toda a verdade no dia da festa de casamento de sua irmã. Após anos, Débora (Paloma Duarte) vai ao encontro de Isadora e diz que o Palhaço quer a ajuda dela para mais um crime, só que dessa vez ela se nega, mas logo depois Isadora é sequestrada e vítima de susto temporário por bandidos e Bruno tem um acidente no meio de um espetáculo após o equipamento ser sabotado, então ela procura Débora e diz que fará o que ele pedir.

Palhaço pede que Isadora ateie fogo (?) na matriz da Bella Vita e o dia tem que ser justamente no dia do seu casamento. Isadora descobre que está grávida e não sabe quem é o pai, se é Ed ou Bruno. Rodolpho arma para que Isadora seja desmascarada no dia do seu casamento e que suas armadilhas sejam reveladas lá. Chega o dia do casamento de Isadora e Bruno e a noiva incendiária está completamente apreensiva, e pensa em dar pra trás, mas após ver uma ameaça contra seu filho, ela decide por fogo no circo. O casamento ocorre na matriz da Bella Vita e Isadora apenas detonará os explosivos após todos os convidados se retirarem e também após uma confusão armada por ela para que todos os espectadores saem e que ninguém se machuque. Na hora da cerimônia, Rodolpho chega e começa e a dizer as primeiras palavras sobre a desmoralização da irmã, mas na hora errada os explosivos explodem e o circo literalmente pega fogo. Isadora foge com o vestido queimado e logo após Bruno também sai, mas Rodolpho fica no meio do incêndio com vários espectadores. Bruno volta para salvá-lo do fogo. No fogaréu, um vão cai em cima de Dante e Amanda é atingida por um tiro nas costas e cai desacordada. Ao ver que Rodolpho estava numa área muito cheia de fumaça e fogo intenso, Bruno vê a sogra baleada e leva para fora do local. Após o fogo se apagar, milhares de pessoas morreram, inclusive Rodolpho.

Chiara acusa Isadora de ter causado a explosão e de ter matado o irmão. Então ela pega todo o material que Rodolpho tinha deixado em cópias na nuvem e expõe a irmã e vinga Rodolpho. Todos os crimes de Isadora são descobertos e ela é presa pela explosão. Bruno cospe em Isadora na cadeia, que sofre de sintomas musculares estranhos. Amanda descobre que está paraplégica e assim que sai do hospital, é vítima de um assalto e quase morre atropelada com a carreira de rodas ter caído para trás numa rodovia. Rodrigo toma a atitude de contratar um defensor pessoal para família e principalmente Amanda. Dante sofre nova intervenção cirúrgica e após a região atingida pelo tiro estar normalizada, o stent no seu cérebro é normalizado e memórias passadas devem retornar, é o que dizem os médicos. Lúcio é contratado como defensor pessoal de Amanda e os dois passam a ter que conviver juntos pra o inferno de Amanda que não vai suportar o irmão, além de ter a mãe dentro de casa, que renega. Lúcio e Yara se reencontram na mansão Bella Vita e se emocionam, e ele apresenta Ed pra Yara. Amanda e Lúcio param com as implicâncias pessoais e percebem que podem sentir algo pelo outro, então os dois se beijam. Após dias, Dante volta pra casa e confronta Amanda por ter mentido tanto e a desmascara, porém se choca com Amanda tendo um relacionamento com Lúcio e fica estarrecido com a situação.

Um baile de máscaras marca o retorno da Bella Vita como matriz, e então uma nova garota chega nesta festa: Sandy (Gabriel Leone). Logo ela atiça a atenção de Ed que passa a se encantar pela garota e lhe dá um beijo, para o desespero de Chiara que sofre com toda a situação. Dante desmascara Amanda na frente de todos os convidados do baile de máscaras e Diana lhe dá uma surra, após Dante divulgar o dossiê sobre o bebê que ela jogou no lago e após o incêndio criminoso no laboratório, Lúcio gorfa de nojo e lhe dá um tapa. Então, Dante e Lúcio se reaproximam e Amanda vai pra cadeia. Enquanto Amanda entra, Isadora sai e cada vez mais debilitada pela a sua gravidez. Bruno se encanta por Sandy e beija a garota na frente de Ed, que lhe dá um soco. Sandy passa a então investigar Isadora e descobrir o que há além dos crimes dela: o Palhaço e Débora.

Sandy dá um fora em Bruno e dá uma chance pra Ed. Diana sofre com o casamento entre Rodrigo e Yara. Chiara tem recaída com a bebida. Yara e Rodrigo vão reabrir o Circo Odin e Diana pretende sabotar. Amanda perde perdão para mãe, será falsidade ou desespero? Isadora procura Ed e Bruno sobre a paternidade do seu filho, mas é rechaçada por eles, então ela descobre que tem uma doença degenerativa e que irá fica vegetal em breve. Sandy vai atrás de Isadora e põe a irmã contra a parede, e ela pede perdão por tudo que fez e precisa que ela cuide do seu filho. Sandy convida Isadora pra que se junte a ela para acabar com o Palhaço.

Quem é o Palhaço? Amanda, Lúcio/Renan ou Dante? Yara tem um segredo com Diana? Isadora vai conseguir se redimir e ficar com Bruno? Ed vai ficar com Sandy ou com Chiara? Sandy irá revelar que é Rodolpho? Rodolpho e Bruno vão se reencontrar? Quem é o filho de Amanda?
São tintas fortes em aquarelas de mistérios.
avatar
J
Admin

Mensagens : 15
Data de inscrição : 14/01/2016

Ver perfil do usuário http://gmonstuosos.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum