LOLITA - Parte 1 - Raphael Paranhos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

LOLITA - Parte 1 - Raphael Paranhos

Mensagem por Rapha em Sex Set 02, 2016 10:07 pm

Lorraine era uma moça doce, jovem. Ingênua, aprendeu a enxergar a vida de forma fria e mais realista com as pancadas que já levou. Toda a sua energia positiva transmitida pelo olhar gerava um impacto. Era algo único que só Lorraine tinha, tal que não havia quem resistisse. Esta era a sua sensualidade. O seu prazer em viver a vida era algo inabalável.
Descobria cada vez mais o real significado de prazer. Prazer pelo sexo, prazer pela vida. Todo dia era uma descoberta nova para a mocinha da trama.
Até que um dia, seu caminho se cruzou com Pietro, um empreendedor um tanto promissor, que possuía uma empresa de médio porte, relacionada a indústria pornográfica.
Pietro não via o mundo da mesma forma de Lorraine. Ele sentia quase a mesma vontade de viver que a mocinha, porém era a vontade de viver o sexo. Quem vê o mundo pelo prazer não reconhece o amor. Amor próprio, amor ao próximo. Para ele, a base para um relacionamento e uma vivência efetiva era o sexo, independente de quaisquer outros sentimentos. Pietro abriu a Pilar, um site com conteúdo pornográfico e streappers virtuais, como Lorraine, que passou a se chamar Lolita. Ele gostava de abusar de uma streapper em especial: Rinelle.
Lorena era prostituta. Vivia de praticar o que faz se melhor, o sexo, em becos escuros em bairro suburbano de São Paulo. Não houve tempo para conhecer a vida, que para ela era pautada em prazer e dinheiro. Dinheiro, sua principal ambição.
Não tinha escrúpulos. Podia se desdobrar em duas para conseguir fazer bem feito, em troca do seu pagamento.
Se achava feliz, mas não era. Se achava feliz sendo constantemente tratada como objeto sexual, mas vivia subordinada ao que achava ser uma necessidade vital, e também submissa às vontades da mãe: Luana.
Luana era uma megera. Engravidou de Lorena com dezoito anos, e destruiu sua vida. O pai de Lorena abandonou Luana no altar, com a filha na barriga. Luana sofreu, entrou em depressão, bebeu, teve um ataque cardíaco devido as altas cargas de álcool que ingeriu neste período para esquecer dos problemas.
Teve complicações no parto. Passou a usar a filha Lorena desde sua adolescência para sair da miséria, e a colocou no mundo da prostituição suburbana, um trabalho sujo que Luana não pensou duas vezes antes de jogar a filha neste mundo.
Raphael, esse sim sabia viver de todas as formas. Não ligava para os padrões que a sociedade impôs. Não tinha sexualidade, o sexo para ele era gratuito e o que viesse tava bom. Bebe, fuma maconha, mas não está nem aí. Afinal, a vida é dele e quem decide o que ele faz ou deixa de fazer é ele mesmo.
Era uma pessoa impulsiva, nada passava pelos seus olhos ou debaixo do seu nariz impune. Vingativo, quando alguém ousa o prejudicar, ele devolve com o dobro do prejuízo. A complexa mente de Raphael era um enigma. Libertário, dizia foda-se para tudo e todos e entrava no seu universo.
Lolita descobria o sexo, o seu próprio corpo. Mas não se sentia feliz no que estava fazendo. Se tornava uma streapper destruidora, se destacava. Não eram poucos os que solicitavam suas lives no site da Pilar. Um dia, um homem meio estranho a solicitou. Ela cumpriu com sua função. Porém, este homem tinha conhecimentos em informática, sistemas operacionais e navegadores.
Rastreou o endereço de Lorraine, e foi até lá. Lolita abriu a porta para o homem, que entrou violentamente com cheiro de cocaína e álcool. Ele rasga as roupas de Lorraine, e a joga no sofá da sala de estar.
Lolita: AI MEU DEUS SOCORRO!!! Quem é você? Não me bate por favor!!!!
Eriberto: Não lembra de mim, bebê? Pois eu lembro de você, aquela que fez o streaptease mais marcante da minha existência! Não vou bater em você... Só se você forçar muito a barra. Eu trouxe o meu chicote...
Lolita: Por favor moço, vai embora!!! Isso não se faz! Pelo amor de Deus!!!
Eriberto: calma, bebê...
Lolita: NÃO ME CHAME DE BEBÊ!!!
Eriberto: Ah vai se fuder, e só fica quietinha pra eu brincar com você...
Lolita: EU NÃO SOU UM BRINQUEDO! Eu sou gente!!!
Eriberto: Não, você é puta. Puta, vadia, piranha!!! Desde quando puta é gente?
Ele vai para cima dela Começa a segurar com força os seus braços e a beija intensamente, em meio às suas lágrimas. Puxa seus cabelos e arrasta ela até o quarto, tira as calças e começa a pressionar ela na cama, imobilizando-a.
Lolita: filho da puta! Ai! Para!
Eriberto: cala a boca, quero brincar, piranha!
Ela consegue se mover e o arranha, fazendo ele sentir muita dor. Assim, ele perde força e ela escapa, e corre nua até a sala, onde quebra um copo na cabeça dele. Ele fica inconsciente, e Lorraine liga para a polícia. Ele vai preso e o ato de Lolita é levado como legítima defesa.
Ela sofre na rua, sozinha. Ela descobre a realidade e o preconceito sofrido por muitas streappers virtuais.
Pietro vai visitar o apartamento que alugava para Rinelle, para transar com ela, mas a flagra transando na sala com um cliente do site. Eles estavam destraídos e não o viram. Ele pega suas luvas na cozinha, pega uma faca e apunhala Rinelle, revoltado. O homem se assusta, e é ameaçado. O cliente luta contra ele e toma a faca de suas mãos, deixando as digitais dele. Pietro sai impune, contando que Rinelle estava sendo estrupada e foi apunhalada por resistir ao estrupo.
Lorena vai para uma boate na mesma noite que Raphael. O mocinho começa a se tomar pelo álcool e se envolve em uma orgia com mais 3 homens e 2 mulheres, incluindo Lorena. A vilã cobra a todos o pagamento pela sua participação na suruba, mas Raphael se recusa pois prega que o sexo é um ato livre e sem compromissos e que não merece ser relacionado com o dinheiro. Lorena se revolta e os dois têm um conflito. Raphael manda ela à merda e vai embora, mas declara que sente pena dela, pois não sabe aproveitar o prazer do jeito certo.
Pietro navega no catálogo da Pilar para achar um novo brinquedo sexual, e lembra-se de Lorraine, a sua Lolita, se interessa. Lorraine vai até a sede da empresa falar sobre o estrupo que sofreu. Pietro leva ela para a sua sala e tranca a porta. Gradativamente, vai fugindo ao assunto inicial de Lorraine e começa a seduzí-la.
Os dois transam sobre a mesa do escritório, e ao fim da relação, Lorraine se assusta e foge, pede demissão mas lembra-se que será difícil arrumar outra forma de sustento, outro emprego. Ela dá um basta em Pietro e sai.
Pietro arquiteta um plano para tornar Lolita vítima de mais um estrupo, causado pelo empreendedor. Lorena e Luana têm um conflito. Luana bate na filha com cinto, a deixando toda marcada e dolorida. Pietro persegue Lorraine até um beco, onde começa a assediar ela. Raphael, que estava indo para a noite, faz o flagrante e arruma briga com Pietro. Pietro o atinge, o deixando ferido e foge. Raphael é socorrido por Lorraine. Os dois saem juntos, como uma forma de agradecimento de Raphael. Rola um clima entre os dois.
Os dois mantem contato, e vão fazer a denúncia.
Pietro entra em uma casa de festa, onde conhece Lorena, que o seduz.
Pietro: fantástica moça, me diga o seu nome!
Lorena: meu nome?
Pietro: claro...
Lorena chega no seu ouvido e sussurra: "Lolita, a menina dos teus sonhos..."
O nome "Lolita" mexe com Pietro, que parte para cima da vilã. Ela faz streaptease para ele ao som de Lolita, os dois transam. Ao acordar no dia seguinte, Pietro lembra da transa porém, no lugar de Lorena, estava Lorraine. Pietro adquiriu um vício na ex-streapper virtual. Lorena teve a melhor noite de sua vida, e começa a se apaixonar por Pietro.
Enquanto Lorena e Pietro marcavam um encontro, Lorraine e Rapha se aproximavam cada vez mais.
Pietro é chamado para um depoimento. Ele enlouquece, e decide atacar. Ele vai até a casa de Lorraine para tirar satisfação e encontra Rapha lá. Os dois brigam feio, e Lorraine os separa. Pietro sai inconformado. Lorena liga para ele. Os dois se encontram. O tempo todo Pietro chama Lorena de Lolita.
Lorraine e Raphael se aproximam e acabam transando, ao som de Born To Die.
Lorena confessa estar apaixonada para a mãe, que se inconforma, alegando que Lorena não pode se apaixonar nem perder o foco na profissão. As duas conflitam, e Lorena foge de casa.
Lorena se refugia na suíte de Pietro. Eles fazem sexo, e no amanhecer, Pietro chama Lorena de Lorraine. Lorena fica intrigada, e mais tarde tira satisfação. Lorena navega no Pilar e encontra vídeos de Lorraine, com o nome Lolita. No catálogo da Pilar, na descrição da tal Lolita, estava o seu real nome: Lorraine Renault. Lorena fica com a pulga atrás da orelha e briga com Pietro, e promete que vai acabar com Lorraine.
Pietro consegue a liberdade provisória através de seu advogado, Osório.
Ele pega a sua arma e vai até a casa de Lorraine, e Lorena o segue. Lorena pega a arma de Pietro e atira em Lorraine, mas pega de raspão. Lorraine estranha a outra Lolita:
Lorraine: oh garota, quem é você? Você tá louca?
Lorena: Eu sou Lolita, linda!
Lorraine: é, e eu também!
Lorena: sim, somos Lolita. Mas só EU posso ter o Pietro! Pois podem existir milhões de Lolitas, mas só uma é a melhor, e esta sou eu!
Lorraine: eu nunca vi você na vida, "Lolita"!! E tá maluca que eu tenho interesse no Pietro! Se quiser ele é todo seu!
Pietro: pois é, e eu vim aqui mudar essa realidade!!! Cadê o filho da puta?
Raphael: Pietro o seu nome, né? Então... Acho que você não tem amor próprio. Já tem um caso de estrupo nas costas. Não quer ser condenado por isso, mais por assassinato... ou quer?
Pietro atira em Raphael. Pietro vai para cima de Lorraine, mas Lorena impede e briga com a mocinha, que chama a polícia. Lorena e Pietro fogem juntos.
Os dois tem um conflito, e se deparam com a polícia entrando em seu apartamento o procurando. Lorena o leva para a casa de Luana. Luana grita com Pietro, dizendo que foi ele quem acabou com a fonte de lucro da casa, e ainda bate em Lorena.
No quarto em particular, Lorena declara todos os sentimentos que estavam entalados a vida toda. Confessou que não estava feliz com a vida que Luana a submetia, que nao aguentava mais, mas nunca teve coragem de aceitar isso. As duas choram e Luana vai ao seu quarto e pensa.


Rapha

Mensagens : 15
Data de inscrição : 05/02/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum